Baleias e Negócios Estrangeiros

| Partilhar
O país até tinha arranjado uma forma mais rentável, sustentável e inócua na observação dos animais, mas a proposta de Nunes Correia, o mais talentoso ministro jamé na tutela do Ambiente, de negociar mais protecção da baleia com as potências baleeiras, na contrapartida de ponderar a reabertura da caça em Portugal, é sem dúvida original e até oportuna. Neste sentido, o Ocidente devia virar-se para o Irão e propor “é pá, se deixarem de matar tantos civis, a gente mata alguns aqui, pronto”. Estou certo que este Ministro e assessoria fariam ainda melhor figura no Palácio das Necessidades.

2 comentários:

  1. Portugal tem Ministério do Ambiente?
    Não tenho reparado.

    Desde barragens a metro, passando pelo encerramento de todas as vias métricas a norte do Douro (o pouco que restava), e acabando na aprovação de uma terceira AE Porto-Lisboa, não tenho visto o MAmbiente em acção. Se calhar é isso, é melhor pecar por omissão do que por palavras e actos.

    Oremos.

    ResponderEliminar
  2. É pena não ter baleias na família...

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores