Do Porto à Póvoa e Famalicão

| Partilhar

© Dario Silva

Anos depois de o pequeno comboio da Póvoa a Famalicão ter desaparecido sem que ninguém desse por isso, ficou a memória de uma viagem à praia e a aposta secreta de que esta via férrea seria, já no novo milénio, a primeira das linhas a reabrir a Norte do Douro. Há algum risco de eu perder a aposta.

4 comentários:

  1. Era a linha que eu fazia quando comecei a estudar no Porto. Morava na Sra. da Hora e fazia transbordo na Trofa.

    Mas quais são os planos para essa linha? Uma eco-pista?

    ResponderEliminar
  2. A ecopista está lá, em alguns troços (todos no concelho de Famalicão, salvo erro).

    O potencial desta numa zona densamente povoada e com consistência regional devia ser suficiente para, pelo menos, a reabertura ser uma hipótese.

    Isto se não estivéssemos em Portugal.

    ResponderEliminar
  3. Bom reencontrar-te Dario! (Comboios) Há coisas que não mudam.

    ResponderEliminar
  4. Famalicão Póvoa foi linha para transporte de Passageiros e Mercadorias, até ao dia em que a opção em questão de Transportes virou Rodovia.Andamos ao contrário dos Europeus nesta matéria.Reabrir seria o ideal, mas não sejamos irrealistas, outros interesses se impõem...continuamos a pensar em termos de privatizações e nunca em servir populações no seu interesse do País.Talvez um dia, outras gerações tenham de pensar de forma diferente e prefiram o comboio ou mesmo o eléctrico às camionetas!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores