Manel Cruz em Braga | 3

| Partilhar
Dedicatória de Manel Cruz ao blogue Avenida Central

O amor dá-me tesão/ Não fui eu que estraguei é o mote do trabalho mais recente de Manel Cruz, o eterno vocalista dos míticos Ornatos Violeta. Obra editada em 2008, Foge Foge Bandido só conheceu os palcos neste primeiro trimestre de 2009.

Irreverente, o cantor do Porto escolheu o Espaço Pedro Remy (que descreve como um local «muito suis generis e fixe») para se apresentar em dois concertos minimalistas, recheados de sons desconcertantes e palavras surpreendentes. Depois de Braga, Manel Cruz esteve nos Arcos de Valdevez, transformando o Minho num dos melhores palcos nacionais ao longo da última semana.

5 comentários:

  1. Caro Pedro Morgado...
    Caso keira fazer um "post" komo sabe à sua maneira e k eu admiro imenso. Existe por ai um blogue brakarense a ferver por kausa das 7Fontes.

    http://ofuturopassaporaqui.blogspot.com/2009/03/acerca-das-sete-fontes.html

    Parabéns pelo blogue. Foi só p informar. Sei que fervia porque vi num outro link do blogue do Dr. Rio. Acharia k gostaria de saber e kis apenas informar.

    Os "K" são pelo novo acordo ortográfico k eu konkordo komo já diu para verifikar. Devia escrever kualker koisa sobre este vergonhoso tema também.

    António Duarte Rodrigues Fonseca

    ResponderEliminar
  2. Invejo-te! Também quero o meu autografado :-p

    ResponderEliminar
  3. Obrigado Manel e obrigado Pedro Remy por proporcionarem a uns previlegiados, nos quais me incluo, a oportunidade assistir a um excelente momento com o que de mais inovador e talentoso se faz na música portuguesa.
    Pena é que o Teatro Circo esteja tão sub-aproveitado. Não apenas a sala principal, mas o auditório, que poderia oferecer com regularidade concertos mais intimstas, como este do Manel Cruz.
    O Teatro Circo não tem programadores e administradores pagos a peso de ouro? Se calhar não sobra dinheiro para mais nada...

    ResponderEliminar
  4. Invejo-te pelo simples facto de o teres visto...

    ResponderEliminar
  5. que inveja. também quero um autografo! *0*
    como conseguiste? ^^'

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores