A ICAR Explicada às Crianças

| Partilhar
Uma menina de 9 anos foi violada pelo padrasto, tendo ficado grávida de gémeos. Devido à idade da criança, o organismo ainda não está preparado para suportar as alterações fisiológicas da gravidez, havendo alto risco de morrer ou de ficar com sequelas irreversíveis. A mãe e os médicos decidiram, muito sensatamente, proteger a criança, interrompendo a gravidez. O arcebispo da terrinha excomungou-os por terem garantido a salvaguarda dos interesses da criança violada.
*ICAR = Igreja Católica Apostólica Romana

A ler: Católicas pelo Direito de Decidir, por Ana Matos Pires.

7 comentários:

  1. já se vem dizendo: "a realidade ultrapassa a ficção", este era um excelente argumento para um filme de terror. quando estreasse no cinema, (podia ser a 3d,a exibição)o tal arcebisbo ficaria na primeira fila, comodamente a comer pipocas.

    m.ª

    ResponderEliminar
  2. Acho que futuramente não devemos valorizar tanto uma opinião. Pois, não deixa de ser um homem como outro qualquer.Sao estas atitudes que enfraquecem a aproximação do homem a igreja. Sejamos sensatos...

    ResponderEliminar
  3. Não é uma opinião qualquer... Foi um arcebispo e o Papa ainda não corrigiu.

    ResponderEliminar
  4. A vida nao se rege por o que um arcebispo diz ou faz. Felizmente! Julgo que a tendência será esta ,em de forma evolutiva...

    ResponderEliminar
  5. Vejamos

    A criança é violada físicamente e tem de suportar durante semanas a lembrança desse(s) momento(s)...
    É violada psicologiamente porque se gerou um circo mediático sobre a sua pessoa, que insistentemente lhe incutam as chagas daquele(s) momento(s)...
    Por fim é violada religiosamente por alguém que, do alto do seu status, lhe retira um dos poucos consolos (além da família e amigos) que tinha para aliviar o sofrimento... a sua religião.

    Não sei se são todos fihos de Deus mas alguns são filhos da ....

    ResponderEliminar
  6. Não há palavras que me chegem para descrever esta situação! a minha menina já teve 9 anos. já foi franzina e pesou 36 kgs. extrapolem lá isto que se passou para a vossa vida (muito) privada.
    Excomunhão...ah! o medo que os homens de deus(?) têm do seu(deles) deus! e que deus é este que só castiga, ameaça, domina, faz sofrer?
    Cada vez mais me sinto uma HEREJE!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores