Pequenos Abusos Quotidianos

| Partilhar
Obras na Avenida da Liberdade
Obras na Avenida da Liberdade

Os senhores empreiteiros tomam conta do espaço público empurrando os peões para o meio do trânsito rodoviário.

9 comentários:

  1. Não só é uma questão de empreiteiros, como é também uma questão de políticos e governantes.
    Este processo nasceu inquinado, prossegue enviesado e vai concluir-se de forma muito torta.
    Pena é que tenhamos de ser nós a assumir as causas e as consequências, porque as forças vivas parecem...meias mortas!

    ResponderEliminar
  2. Ou seja, por exemplo os materiais deveriam ser depositados de helicóptero, não?

    Criticar já vi que sabe, agora diga-me que alternativa propunha para cada situação. Isso é que era de valor...

    Ou não consegue melhor do que o que está nas imagens?

    Atenção: propor alternativas viáveis para as obras em curso.

    ResponderEliminar
  3. Se em vez de mais túneis construíssem um metro de superfície semelhante ao de Almada é que seriam espertos. Isso sim, era uma grande obra, a tal obra do mandato...

    ResponderEliminar
  4. Afectado!!! E que tal meter lá em serviço permanente os policias municipais a vigiar aquela zona e a orientar a circulação de automóveis e peões.

    ResponderEliminar
  5. Ou isto é uma selva ou quem faz obras no espaço público tem a obrigação de as realizar em segurança, não podendo colocar os peões a circular pelo meio do trânsito. Não perceber isto é aceitar a selva, uma selva pequenina, é verdade, mas uma selva.
    Seja como for, outros empreiteiros resolvem situações idênticas instalando passagens para os peões. Podem fazer isso, podem, como outro leitor, sugere ter polícias municipais a vigiar aquela zona e a orientar a circulação de automóveis e peões.

    EJM

    ResponderEliminar
  6. Caro Afectado,

    difícil era fazer pior! A situação retrata falta de organização por parte de quem dirige a obra e falta de fiscalização de quem deveria impôr a correcção deste problema!

    É lamentável ver os peões empurrados para o meio da via pública!

    Ao Sábado lá está a polícia municipal aos molhos a chatear os desgraçados que querem apenas ajudar a velhota a carregar uns sacos de batatas!

    Somos uma terra de "Chicos Espertos" onde a justiça não funciona. Isto só tem uma forma de ser resolvida.

    ResponderEliminar
  7. Quando os"trolhas"mandam a bugunçada é total e o pior é que quem deveria zelar pelos interesses dos municípes é conivente com a situação.Não há legislação de segurança de obras?Enfim,Braga no seu melhor

    ResponderEliminar
  8. Por 3,5M€ o que queriam? :)

    Uns deixam fazer os postes de alta tensão no quintal, outros fazem uma obra desta envergadura por 3,5M€ em tempo recorde...
    Porque será?

    E mais não digo.

    ResponderEliminar
  9. E o arqueólogo para parar as obras do hospital mandou chamar a GNR!

    A 3.ª selva portuguesa? Não, a maior de longe!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores