Em Defesa da Moral e dos Bons Costumes

| Partilhar
«Contactada pelo Diário do Minho, a PSP de Braga confirmou a apreensão das obras, na sequência de uma denúncia de uma pessoa que visitou a Feira do Livro em Saldo. «Perante a denúncia, a PSP deslocou-se ao local e aprendeu os livros e entregou-os ao Ministério Público, para avaliar se é pornografia ou não», disse fonte das Relações Públicas da PSP[Diário do Minho]

Isto significa que se um cidadão ficar sensibilizado com uma imagem publicada a capa da Maxmen ou da FHM, a PSP leva ao Ministério Público para dizer se é pornografia ou não? E se alguém ficar sensibilizado com uma passagem discriminatória da Bíblia também pode pedir à PSP para a levar ao Ministério Público dizer se há conformidade com a Constituição?

A ler: Como hoje é terça-feira de Carnaval, por Ademar Santos; Dedicado à PSP de Braga, por Nuno Ramos Almeida; A Origem da Ignorância, por JN; Livreiro apresenta queixa contra PSP por apreender livros com capa “pornográfica”, Público.

5 comentários:

  1. BE Braga CONDENA DERIVA CENSÓRIA

    O Secretariado Concelhio de Braga do Bloco de Esquerda repudia vivamente a atitude da PSP, que ontem decidiu apreender cinco livros, que se encontravam à venda na Feira do Livro em Saldo, que está a decorrer na Avenida Central de Braga, alegando que estes apresentavam cenas com conteúdo pornográfico.

    Na verdade tratava-se tão só de livros cuja capa reproduzia o famoso quadro do pintor belga Gustave Courbet, que retrata um nu feminino e que está exposto num dos mais prestigiados museus do mundo, o Museu D’Orsay em Paris.

    O Bloco de Esquerda considera que a atitude da Polícia de Segurança Pública constitui um grave atentado à liberdade de expressão, e não pode deixar de relacionar este incidente com outro, de contornos semelhantes, ocorrido há poucos dias em Torres Novas, exactamente por motivos idênticos, ou seja, pela exibição de nus femininos.

    O Bloco de Esquerda considera que estes dois factos não são apenas brincadeiras de mau gosto em época de Carnaval, ou expressões da ignorância e do preconceito das autoridades portuguesas. Antes espelham, a somar a outras comportamentos relatados na Imprensa, uma preocupante deriva censória, de muito má memória, que tem de ser denunciada e combatida com toda a firmeza por todos quantos prezam a liberdade e a democracia.

    O Bloco de Esquerda exige que, à semelhança do que aconteceu em Torres Vedras, seja reposta a legalidade e o respeito pelas normas constitucionais e que os livros apreendidos sejam devolvidos à distribuidora e ao contacto com os leitores que visitam a Feira do Livro de Braga.

    E exige que o Ministro da Administração Interna dê as devidas explicações sobre o procedimento da PSP e os fundamentos deste acto que, em nossa opinião, configuram também um preocupante abuso de autoridade.

    ResponderEliminar
  2. Convém também não deixar impune e irresponsável o sr. ministro da cultura.Porque afinal é também um atentado soez contra a cultura que é cometido de forma infame.

    http://www.escritartes.com/forum/index.php/topic,12034.msg50931/topicseen.html#new

    ResponderEliminar
  3. Simplesmente anedótico. À beira de semelhante gente sinto-me um génio.

    ResponderEliminar
  4. Erro lamentável da PSP...
    O excesso de zelo retirou-lhe a percepção que, previamente à acção, se deveria munir de um parecer da Direcção Nacional da PSP sobre o assunto...
    A PSP deveria saber que na dúvida (e não seria normal, no minimo tê-la, face à elevada qualificação média dos seus quadros superiores?)não se age, tanto mais que a pornografia não vem em formato livro...

    ResponderEliminar
  5. O que poderiamos fazer contra esses abusos da rede Globo contra a moral. Eu não tenho coragem de assistir a maioria dos programas da Globo perto de minha filha. A Globo nunca teve um comportamento moral adequado, mas sempre tivemos pessoas no governo que lhes colocavam freios, e hoje isso acabou? Temos que conviver com isso?

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores