Salvar as Sete Fontes

| Partilhar
Aqueduct and Mãe de agua
© johan

Numa cidade que tanto mal trata o passado, é tempo de salvar as Sete Fontes. Alguém percebe o abandono negligente por parte do município ao longo das últimas décadas?

7 comentários:

  1. É mais do mesmo. Mais daquilo que o Mesquita tão bem sabe fazer. Bah!

    ResponderEliminar
  2. Abandonando o nosso passado colocamo-nos também nós ao abandono ao esquecimento.A requalificação do nosso património é um dever que os autarcas têm que preservar afim de honrar os nossos antepassados.
    A preservação é um BEM NECESSÁRIO.

    ResponderEliminar
  3. Toda a autarquia tem direito a estabelecer as suas prioridades. Há quem prefira os shoppngs fechados em deterimento dos espaços culturais abertos.
    Contudo, no que concerne à memoria do passado, não creio ser legitimo alguém escolher por mim se prefiro a minha identidade colectiva ou asfalto no meu caminho presente.
    As Sete Fontes são um património digno de qualquer cidade europeia, capaz de invejar em qualquer cidade, pela sua complementaridade entre as várias áreas. Um sítio que tem Património Arquitectónico,Arqueológico, Histórico, rico na diversidade floral, na fauna e com água...que mais podemos nós pedir? Será, por ventura, um dos monumentos mais completos que como monumento em si, quer no seu enquadramento.
    Espera-se que a autarquia reveja as suas prioridades e possa requalificar esta área conforme merece. Não com macdame, mas com um projecto verdadeiramente de salvaguarda e fruição.

    ResponderEliminar
  4. Tanto a autarquia, como o Governo tem o dever de proteger e enaltecer da melhor forma possivel o seu patrimonio!Exemplos de atentados, que ate sao punidos pela lei Nacional e mesmo por leis ditadas pelo ICOMOS,pela Carta de Veneza pelo Comite da Salvaguarda do Patrimonio.Atentados escabrosos aos olhos de todos os cidadaos, que a autarquia bracarense nem se digna em ocultar.Sete fontes, a mata da Falperra e muitos outros sao disso exemplo.
    Ate qd isto ira continuar ?Nao ha ninguem com poder para fazer algo no sentido de denunciar?

    ResponderEliminar
  5. Se fosse eu a mandar, mandava cobrir tudo para "preservar" - de olhares indiscretos.
    Isto do património, pá, é só p'ra deitar dinheiro no chão...

    ResponderEliminar
  6. Pelo meio das habituais péssimas notícias, uma boa: abriu há dias o Observatório Astronómico de Gualtar com um bom serviço na web.
    Abraços e bom ano!

    ResponderEliminar
  7. Sete Fontes? É tapar, é tapar...
    Ainda a propósito, no sábado ouvi na RUM um porta-voz do PS (não cheguei a ouvir o nome) a dizer que o túnel da Avenida "será inaugurado antes do S. João, quer o PSD queira, quer não". Não sei se o PSD quer ou não, sei que esse senhor deveria ter reconhecido que aquela saída do túnel em frente do Teatro Circo nem na cabeça duma formiga doente teria sido uma boa solução. Aquilo deve ter sido obra do acaso, talvez dum meteorito!!!
    Agora corrigir um erro (com um custo enorme) e dizer que é a obra do regime...pobre regime!...
    NS

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores