Carga de Trabalhos

| Partilhar
Para contrariar as notícias dos últimos dias, em que grandes empresas anunciaram cessar milhares de postos de trabalho, a (possível) futura emissora de televisão (digital) generalista portuguesa, que ainda nem sequer sabe se ganha o concurso de emissão em sinal aberto, já começou a recrutar pessoal para "cerca de 330 postos de trabalho directos com contratos sem termo". (via)

5 comentários:

  1. Muitíssimo bem visto. Portugal precário... perdão, dinâmico.

    ResponderEliminar
  2. Segundo o que se disse na altura, a proposta, que foi surpresa de última hora, seria bastante melhor do que a já anunciada proposta da Zon. Imagino que a confiança seja justificada.

    ResponderEliminar
  3. Muito pertinente, esta observação. Ou será que os promotores do canal Telecinco já souberam que vão ganhar o concurso?

    ResponderEliminar
  4. Ora em visto... É o Portugal precário.

    ResponderEliminar
  5. Sim, confiança não lhes falta, até porque uma das opções editoriais é a exclusão total na grelha das telenovelas. :)

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores