As Iluminações de Natal

| Partilhar
Todos os anos, as autarquias investem milhares de euros nas iluminações de Natal. A intenção é valorizar o comércio tradicional, mas alguém calculou o retorno do investimento? Aqui ficam os valores de 2008:

Aveiro - 50.000 €
Barcelos - 55.000 €
Braga - 65.000 €

Vila Nova de Famalicão - 65.000 €
Coimbra - 70.000 €
Guimarães - 100.000 €
Faro - 140.000 €
Porto - 500.000 €
Lisboa - 2 a 3 milhões de euros (privados)

9 comentários:

  1. V. N. de Famalicão: 65.000 €

    http://www.cm-vnfamalicao.pt/noticias/desenv_noticias.php?ntid=2295

    ResponderEliminar
  2. País de parolos é o que é.

    ResponderEliminar
  3. bem... tendo em conta que Famalicão gastou tanto como Braga em luzes de Natal, fica uma de muitas perguntas: com o mesmo dinheiro como é que Famalicão consegiu luzes mais bonitas que Braga? Pelos vistos, em Braga, segundo me disseram, até luzes de décadas anteriores foram buscar para "engalanar" a cidade!!!! (Afinal há quem ande atento por aí). Ora deve ter sido para chegar para mais um tunel... desta vez de LUZ!!! - em alusão ás iluminações da Rua do Souto acima.(Pois, deve ser em memória ás obras "ímpares" da mais histórica cidade romana que enterra tudo - ou talvez não - por causa dos tuneis... e para dar luz ao povinho, já que, como dizia o "outro" - o da "velha senhora" dizia: "Se queres um povo feliz, dai-lhe vinho, dai-lhe vinho", aqui é caso para dizer: "Dai-lhe LUZ, Dai-lhe LUZ"...

    ResponderEliminar
  4. A CMB encheu a boca com a decoração "barroca" de Natal, e depois temos por aí umas figuras que mais parecem uns porquinhos... e ainda tiveram a atitude bacoca - nada a que nos não tenha desde há muito habituado - de autorizar a colocação de uma venda de farturas mesmo em frente ao Jardim de Sta. Bárbara, local que a CMB sempre considerou como um dos ex-libris cá da urbe... O parolismo no seu máximo rigor!!! M. Teresa

    ResponderEliminar
  5. Lisboa este ano praticamente não tem iluminações de Natal (tirando a árvore da Zon), garanto-te... Podem custar 2 ou 3 milhões de euros, podem vir a propósito do Natal, mas aquilo não são iluminações de Natal. Senão, vê: http://img.photobucket.com/albums/v85/jumento/018/Jumento019/tp1.jpg

    ResponderEliminar
  6. Preços e brilhos à parte, uma nota: não haverá "investimentos" públicos cujo retorno não seja monetariamente mensurável?

    Por outro ângulo: como se justifica, por exemplo, empedrar um macademizar um caminho municipal que dá acesso a duas ou três casa?... se calhar, todos os impostos daqueles moradores aposentados não pagarão nunca a pedra ou o asfalto.

    ResponderEliminar
  7. Bem, 100.000 em Guimarães?!

    A arvore está bonita, de resto aquilo está uma piroseira. Braga, também deixa muito a desejar e gastarem (supostamente)estas enormidades em iluminação dá que pensar.

    ResponderEliminar
  8. Parolice total em plena recessão e num ambiente propício á conservação energética...

    Porém o que mais faz sofrer em Guimarães é a porcaria da música nas alturas em todos os cantos da cidade a repetir o mesmo cd dos Pan Pipe Moods Christmas 12 horas por dia- é a prova de que a Associação Comercial de Guimarães e a Câmara querem expulsar os residentes do centro.

    Isto também existe noutras cidades??

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores