Visões sobre Braga (I)

| Partilhar
Bracara Augusta
©

«Braga, situada no Norte da Península, foi uma das últimas cidades a ser acometida pelos seus invasores. E, graças à civilização grega, não lhes foi permitido entrar aqui sem grandes dificuldades, tanto mais que encontraram pela frente não só os homens como as mulheres brácaras, cuja heroicidade ficará gravada em letras de oiro na nossa história. Daqui o facto de Octávio César conceder a Braga o honroso título de Augusta, como que a querer testemunha a admiração que lhe havia causado um povo, cuja civilização não estava muito longe da sua, pelo amor arreigado ao seu torrão natal, à sua liberdade e às riquezas que a Natureza prodigamente lhe proporcionava.» [A. Ménici Malheiro, em Braga Contemporânea]

5 comentários:

  1. Resta dizer para memória futura que houve um povo situado na margem esquerda do Aleste (rio Este) o que habitava o castro de nogueuiroobriga, durante os 8 séculos que durou o domínio romano, nunca se submeteu. Aculturou-se sim! Mas submetido nunca!

    ResponderEliminar
  2. Hola.
    La foto que ilustra tu artículo está sacada de mi página de Flickr. Normalmente no tengo problemas con que la gente las use pero si te pediría que al menos cites la autoría y la enlaces con la página de flickr de donde las has sacado. Creo que es lo justo ¿no?

    te dejo el link.
    http://www.flickr.com/photos/lolita8fotos/1518951304/in/set-72157603355981030/

    Un saludo.
    Lolita8

    ResponderEliminar
  3. Cara Lolita,

    A autoria está citada. Se clicares no © verás a tua página.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  4. Gracias,me habia pasado desapercibido el símbolo. Saludos.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores