Coisas Que o Provedor Devia Saber...

| Partilhar
«contactámos a Direcção de Informação, área do desporto, tendo-nos sido referido que o jogo não ia ser objecto de gravação na origem, pelo que não haveria possibilidade de a RTP proceder à sua transmissão. Penso, aliás, que a falta de gravação explicará o facto de não ter havido sequer imagens dos golos, o que determinou que o evento não tenha integrado os serviços noticiosos.» [mensagem recebida do Gabinete do Provedor]

Foi deste modo que o Provedor da RTP respondeu aos protestos que lhe chegaram pela negligência no acompanhamento do Sporting de Braga na Taça Intertoto. Lamentavelmente, a informação e as justificações apresentadas baseiam-se em factos falsos. Como é do conhecimento público, o jogo foi transmitido em directo pela televisão turca TRT e os golos até estão disponíveis no YouTube. Aguardamos melhores justificações para esta ausência de cumprimento do serviço público por parte da televisão que todos pagamos.

Entretanto, a Petição "RTP com Desporto para Todos" continua a dar que falar. O Diário do Minho tem feito uma excelente cobertura da iniciativa. Além de uma entrevista com a opinião dos promotores da petição, na edição de ontem podia ler-se a análise de Felisbela Lopes, docente de Comunicação Social da Universidade do Minho. O trabalho foi conduzido por Luísa Teresa Ribeiro que publica no seu blogue alguns dados muito interessantes para esta temática.

Já hoje, o Jornal de Notícias traz o protesto para a edição em papel, revelando a nova polémica de que lhe damos conta neste post. As imagens do YouTube desfazem todas as dúvidas.

8 comentários:

  1. Bem, também foi essa a resposta que recebi, agora das duas uma, ou eles acham que nós somos uma cambada de "parolos" e aceitavamos a resposta, ou então os profissionais desse departamento são muito fracos, que falta de profissionalismo.

    As melhoras para a RTP!?
    E aguardo as explicações para esta resposta, se conseguirem!

    ResponderEliminar
  2. Que provedor! O homenzinho parece que trata dos assuntos por telefone. A incompetência atinge todos os sectores da sociedade portuguesa.
    Sempre que tentei assinar a petição,aquela coisa pede dinheiro. É mesmo assim, ou tenho estado a cometer algum erro? Se for verdade que a petição não é gratuita, haverá muita gente que gostaria de assinar e não o conseguirá fazer. Eu serei uma dessas pessoas.

    ResponderEliminar
  3. Força, o nosso país precisa de consciêcia civica.
    Não podemos ter uma país cada vez mais centralista em tudo.

    http://montesdecima.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. Quando pede dinheiro, a petição já está assinada. Não é preciso pagar nada.

    Abraços

    ResponderEliminar
  5. Para mim o "provedor" estar lá ou não estar é a mesma coisa, pois não resolve nada, e ainda tenta enganar as pessoas, mandem mas é o Sr. para a reforma.

    http://wwwbragablog.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Temos de mostrar o nosso descontentamento! Temos direito a ser portugueses...

    ResponderEliminar
  7. A televisão dos grandes centros urbanos (Porto e Lisboa) a televisão do poder, a televisão dos grandes, dos conhecidos dos conhecidos, que circulam perto do poder ou do grotesco, é a mesma que tem um provedor vesgo mal informado Homem de respostas esfarrapadas e que tentam tapar o sol com a peneira.
    Os promotores desta petição foram finos e obtiveram muita adesão porque meteram o saloio futebulês na discussão e abrigam a petição do desgraçadinho orfão de reconhecimento e notícia arregimentando uma catrefada de blogueiros que tentam que o resto do país saia no caixote televisivo.
    Parabéns por me arregimentarem também!

    Toninho Regadas

    ResponderEliminar
  8. «Para mim o "provedor" estar lá ou não estar é a mesma coisa, pois não resolve nada, e ainda tenta enganar as pessoas, mandem mas é o Sr. para a reforma.»

    É suposto resolver? Sempre o tive como um livro amarelo.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores