| Partilhar
Central

10 comentários:

  1. Temos algo parecido no centro da cidade.Mas fugimos da água...elemento essencial da Natureza que funciona como motivador emprestando beleza aos locais...por isso cidades, que não Braga, tem mesmo nas suas entradas jardins ou praças(redondos giratórios de trânsito) imagens destas.Curioso mesmo em aldeias já se nota esta COMPONENTE AMBIENTAL como atractivo em locais de lazer.Braga podia e devia ter mais e melhores espaços deste género...falta vontade politica.

    ResponderEliminar
  2. Mas essa fonte é mesmo pirosa....impressionante o mau gosto de quem decidiu colocar essa fonte no lugar onde está.

    ResponderEliminar
  3. embora bem enquadrada com boa profundidade de campo, essa imagem não é realmente das melhores da fonte da avenida central. Houve um algum exagero na saturação de cores e o momento não foi o melhor, apesar do arco-íris. Não sei como fazê-lo, mas poderia enviar uma das melhores fotos que conheço do local. E não é pirosa garanto.

    ResponderEliminar
  4. Não é pirosa???

    Para ilustrar a palavra piroso no dicionário deveria vir uma foto dessa fonte. Gostaria de saber o que fizeram à anterior fonte....

    ResponderEliminar
  5. De que fonte está a falar quando se refere à anterior? Se era à que roubaram de Tibães, achei muito bem que a tivessem devolvido ao seu lugar de origem , pis é lá que deve estar. Se está a falar do mamarracho branco totalmente desencontrado com a arquitectura da arcádia, bem! Ainda bem que a fizeram desaparecer, porque essa se não era pirosa era um escarro na quele lugar.

    ResponderEliminar
  6. Ponte de Lima

    http://diario.iol.pt/sociedade/ponte-de-lima-junta-medica-reforma-colar-cervical-doenca-aposentacoes/961752-4071.html

    ResponderEliminar
  7. Á dita fonte só lhe acrescentava passagens históricas em baixo relevo na borda da fonte. Como por exemplo o ataque das tropas francesas ao castelo, as feiras medievais que se realizavam no campo de Santa Ana, revolta da Maria da Fonte (se bem que em Braga foi no Campo de Vinha), entre outras temáticas.

    ResponderEliminar
  8. A ideia da baleia até é engraçada. A fonte é pirosa pelo que a imagem (parcialmente) ilustra: os jactos de água são desmedidos em relação ao diâmetro do espelho de água. Conclusão, quem por lá passa arrisca-se a apanhar um banho, só porque os autores da ideia quiseram ter uma fonte que "botasse figura". Aqui há dias passei lá e metade das cadeiras da esplanada do Vianna estavam totalmente encharcadas. Fiquei mesmo com vontade de lá parar... ála para a Brasileira!

    ResponderEliminar
  9. A ideia da baleia até é engraçada. A fonte é pirosa pelo que a imagem (parcialmente) ilustra: os jactos de água são desmedidos em relação ao diâmetro do espelho de água. Conclusão, quem por lá passa arrisca-se a apanhar um banho, só porque os autores da ideia quiseram ter uma fonte que "botasse figura". Aqui há dias passei lá e metade das cadeiras da esplanada do Vianna estavam totalmente encharcadas. Fiquei mesmo com vontade de lá parar... ála para a Brasileira!

    ResponderEliminar
  10. Não digam mal sem apresentarem alternativas aos responsáveis.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores