A Náusea

| Partilhar
Ler Luís Filipe Menezes é um espectáculo altamente emetizante.

13 comentários:

  1. Luís Filipe Menezes, os candidatos à liderança do PSD, e os baronetes deste partido, violam (Aqui, pode-se falar de violação?!) as mais elementares regras do que deve ser um partido político

    Acho que este pessoal perdeu o pé e a cabeça, nesta conjuntura política complicada para o PSD, em que o PS ocupou o espaço da direita neoliberal.

    ResponderEliminar
  2. PSD, PS, PS, PSD.
    ATÉ QUANDO ESTE POVINHO FATELA VAI CONTINUAR A DAR O PODER A ESTES SORVEDOUROS POLÍTICOS.
    CGHEGOU A HORA DE OUVIR O QUE OUTROS TÊM PARA DIZER, SEM COMPLEXOS.

    ResponderEliminar
  3. De facto, a alternância política que tem governado o país nas últimas décadas, levou-nos ao "honroso" lugar de país mais atrasado da Europa ocidental, e um dos mais atrasados de todo o continente. Outra "jóia" da dupla PS/PSD é também o facto de sermos o país mais desigual da Europa, onde o fosso entre ricos e pobres é maior.
    Não me admira que queiram sempre sacudir a água do capote de quem os antecedeu, mesmo que sejam do mesmo partido.
    De facto fomos (somos!) governados pela incompetência.
    Uma mudança não só é necessária, como premente.

    ResponderEliminar
  4. Já agora importa-se de fundamentar a sua afirmação?

    ResponderEliminar
  5. Ora essa, meu caro amigo.
    Então cá vai:

    http://www.agencialusa.com.br/gpdf.php?iden=4633

    http://diario.iol.pt/noticia.html?id=634687&div_id=4071

    Ainda tem dúvidas?

    ResponderEliminar
  6. é exraordinário como algumas pessoas ainda precisam de justificação para o miserável estado deste país.estas pseudo elites demonstram bem qe vivem num mundo diferente do nosso.

    ResponderEliminar
  7. caro anónimo, definitivamente, não me dirigia a si

    ResponderEliminar
  8. Porque fico enjoado?

    Pela simulação política. Pelo ódio nas palavras. Pela instrumentalização da liderança do partido. Chega?

    ResponderEliminar
  9. continua sem fundamentar e a emitir meras opiniões derivadas, quiça, de preconceitos. transcreva lá as palavras, frases e parágrafos onde consegue ver "simulação política", "ódio nas palavras" e "instrumentalização da liderança do partido" que o levou a 'emetizar-se' tanto.

    ResponderEliminar
  10. Vamos lá a pensar um pouco...Na verdade PS e PSD governam à Anos e são responsáveis Politicos pelo mñosso atraso e mal estar.A politica social quase não existe, os salários de miséria crescem em quantidade, a ida ao médico duma especialidade é coisa cara e dificil para quem aufere salários reduzidos e são milhares ou mesmo milhões.Enfim o ensino sai cada vez mais caro e o emprego precário é uma novidade desagradável.Quem tem bons vencimentos? poucos.As diferenças extremaram-se e não à novidade se disser que somos muitos mais a viver muito mal.Negar evidências é permanecer cego pelo idealismo politico e autista como o Governo perante a realidade.Já agora supõe o País evoluiu e saíu dos últimos lugares da Europa a 27? Desculpe mas li o comentário e entendi dar uma opinião.Respeito sua ideia, mas que diabo não fale sózinho porque ouvimos e não entendemos onde vê um País tão cor de Rosa...Não falo nos restantes problemas sociais porque torna-se maçudo, prometo voltar ao tema um dia destes se tiver oportunidade, para análise económica e social, mais profunda.

    ResponderEliminar
  11. sentenças proferidas sobre o efeito de eméticos são fáceis de pronunciar. o pior é quando necessitam de ser fundamentadas: normalmente engasgam-se no próprio vómito.

    ResponderEliminar
  12. Os nossos partidos políticos são a nossa imagem, temos os resultados que queremos e não os que merecíamos.Somos demasiado pacientes, pouco participativos, submissos perante os poderes e julgamos sempre que vivemos bem porque o vizinho está pior.Na AR legisla-se demasiado, temos leis a mais que depois permitem uma sucessão de interpretações que se tornam casos para os Tribunais.Temos inúmeros projectos politicos que sempre mudam com um novo Governo, andamos eternamente à procura de "reformar" o ensino, a saúde, as leis laborais,a Administração público...enfim esquecidos ao que parece de coisas como carências sociais, apoio à família, aos idosos ou ás crianças.Somos um País adiado, que serenamente continuamos ligados à Europa em termos Geográficos.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores