Liberdade de Expressão

| Partilhar
Alberto João Jardim chamou «bastardos» e «filhos da puta» aos jornalistas, declarações pelas quais não será julgado porque goza de imunidade. Na sequência das alarvidades proferidas, Daniel Oliveira escreve um texto no Expresso em que se refere a João Jardim como «um palhaço». Foi condenado pelo Tribunal do Funchal.

A democracia não se cumpre enquanto uns forem «filhos de deus» e outros «filhos da puta».

9 comentários:

  1. A culpa é dos professores! O país está mal porque os professores são uns malandros! A juventude não é mal-criada porque as crianças não recebem educação nas escolas! A família? Nah, os pais não têm tempo para isso!

    Estes professores são uns malandros. Ainda bem que temos bons políticos...

    ResponderEliminar
  2. O Adalberto João, é tal e qual o nosso MM, com uma difereça: o AJ afronta a imprensa enquanto que o MM foge dela como o diabo da cruz.
    Agora, no resto, compadrios, défices democráticos, arrogância, autismo, prepotência, promoção de filhos e enteados pelo mérito da linhagem directa, vingativos, etc. etc....são totalmente iguais

    ResponderEliminar
  3. Imunidade não,meu caro:impunidade,inimputabilidade ou outra coisa qualquer.Imunidade é muito soft.

    ResponderEliminar
  4. desde quando ser eleito é ditadura! meus caros tanto mesquita machado como alberto joão, só são presidentes porque votam neles.

    ResponderEliminar
  5. Essa é que é essa: o homem tem estilo.
    Quanto a insultar os jornalistas... paciência - santos não são.

    ResponderEliminar
  6. Representa o povo da Madeira, por esse povo foi eleito, cumpre-nos respeitar a escolha mas tal não implica aceitar realidades lamentáveis num politico com responsabilidades a nivel de Governação.Mais uma vez se prova que nem sempre cultura e educação convivem bem...

    ResponderEliminar
  7. Não falem mais de Professores, são trabalhadores como tantos outros e dignos de serem respeitados.Quanto às lutas politizadas já a questão muda de figura porque o cenário é outro e os figurantes também.

    ResponderEliminar
  8. O Hitler também foi eleito.
    O homem do charuto é um ditador, prepotente e mesquinho.
    O pior é que está a ficar senil como resultado da sua vivência anti democrática de longos anos.
    Louco é aquele que acredita nas suas próprias mentiras. Neste caso não é ele o louco. Loucos são todos aqueles que acreditam nas mentiras do AJ e rastejam a seus pés à procura de migalhas que ele distribui entre pontapés.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores