Derby do Minho: Contra Factos...

| Partilhar


«Antes de nascer Portugal, já Braga era capital.»
[via]

26 comentários:

  1. Que frase mais estúpida. Mas o pior é ter tido aqui repercussão.

    ResponderEliminar
  2. E o estrangeiro sou eu?
    Que moral para chamarem espanhóis a quem quer que seja. Tristes.

    ResponderEliminar
  3. A frase, é de tontos. Colocá-la num blog que se quer credível, é de tontos. E eu estar aqui a comentar tonterias, é de tontos. Fui.

    ResponderEliminar
  4. Capital da urbanização desorganizada são sem duvida nenhuma.

    Um blog credível manchado pela clubite aguda e cega

    ResponderEliminar
  5. Fiquei na dúvida se aqueles que acham a frase estúpida (ou algo parecido) não será por falta de conhecimentos de história...

    ResponderEliminar
  6. Ora fale-nos lá da História, que somos todos ouvidos e estamos dispostos a aprender consigo...

    ResponderEliminar
  7. Bracara Augusta diz tudo... a história da-se no secundário mas não é acessivel para todos como a ignorância...a não ser que sejam estrangeiros para não conhecer a história de portugal é pena...perder tempo basta ser ignorante...

    ResponderEliminar
  8. Realmente, deve ser difícil entender o porquê de uma frase assim. Deve ser complicado chegar lá. Deve ser algo muito rebuscado. Só mesmo aqueles meninos dos Red Boys para apanharem assim algo de que ninguém tem conhecimento. Que malucos.

    ResponderEliminar
  9. Caro Nautilus,

    Antes de mais, gostaria de sublinhar que não afirmei que as frases se deviam à falta de conhecimentos de História, apenas fiquei na dúvida, pois ninguém apresentou motivos válidos para que a frase parecesse estúpida. Quando me apresentarem os motivos que justifiquem as afirmações, e se não se deverem ao desconhecimento da história (o que é perfeitamente possível), não terei problemas em dizer que a minha suspeita não se verificou.

    Antes de lhe falar de História, gostava que me apresentassem os motivos das vossas afirmações.

    Pessoalmente, acho que a frase não é assim tão descabida quanto isso.

    ResponderEliminar
  10. O Emigrante nada ignorante aí acima que fala na Bracara Augusta deve estar a referir-se ao tempo em que a dita foi sede de uma circunscrição de uma província romana ou de um reino bárbaro? À mesma Bracara Augusta que os bracarenses destruíram, ao som de bandas de música e foguetório no início do século XX e que fez com que uma valiosa colecção arquelógica, com que se ia iniciar um Museu de Arqueologia em Braga, fosse oferecido a Guimarães, onde ainda hoje se encontra?

    Deixe-me rir, que o caso não é para menos...

    Bem me parecia que havia por aí quem se identificasse com potências estrangeiras (os invasores romanos e suevos)...

    ResponderEliminar
  11. O que escrevi aí acima saiu um tanto ou quanto macarrónico, mas deve dar para entender.

    Caro Rui Carlos Gonçalves, é verdade que Bracara Augusta foi,de facto, algures no passado, algo semelhante a uma capital, mas ao serviço dos invasores. Não me parece lá grande medalha para pôr ao vosso peito.

    ResponderEliminar
  12. "Caro Rui Carlos Gonçalves, é verdade que Bracara Augusta foi,de facto, algures no passado, algo semelhante a uma capital, mas ao serviço dos invasores. Não me parece lá grande medalha para pôr ao vosso peito."

    Gostava que me definisse "invasor" - povos que tiveram Braga por capital não se aceita :-)... É que se calhar há mais povos que se enquadram no mesmo grupo, e não apenas os "romanos e suevos" (anteriormente referidos), ou terá Braga sido apenas capital de invasores?

    Se calhar, todos foram invasores um dia. Se calhar Portugal nasceu pela mão de invasores.


    Independentemente de ser motivo de orgulho ou não (eu, pessoalmente, tenho orgulho nesse passado da minha cidade), será a frase assim tão estúpida ou tonta?

    ResponderEliminar
  13. Claro que é tonta, porque é uma emanação de um bairrismo doentio. Claro que é tonta, porque soa a "a minha capital é maior do que tua". Claro que é tonta, porque se Braga algum dia foi capital de uma província qualquer, não foi, certamente, de Portugal, nem de uma província portuguesa, pela simples razão de que Portugal ainda não existia.

    (A propósito: Guimarães também nunca foi capital de Portugal - quando o podia ter sido, não existia ainda o conceito de capital).

    ResponderEliminar
  14. Por isso,já não ah Suevos...quem são?

    ResponderEliminar
  15. Por isso,já não ah Suevos...quem são?

    ResponderEliminar
  16. Por isso,já não ah Suevos...quem são?

    ResponderEliminar
  17. Quer queiramos quer não, Guimarães é actualmente a maior freguesia da cidade de Braga. Apenas lhe falta um bispo para a sé, um rei para o castelo e um rio para a ponte.
    por ora ainda podem utilizar o mesmo indicativo telefónico de há umas décadas atrás. Famalicão já evoluiu.
    Parabéns pelo regresso à primeira divisão...

    ResponderEliminar
  18. Noticia de ultima hora: o stock de Kompensan esgotou por terras marroquinas. Ai se a azia matasse!

    Olééééééééééééééééééééééé!

    Com jeitinho, amanhã já ficam a 5 pontos da UEFA!

    ResponderEliminar
  19. As perguntas :

    - O que aconteceu ao Nacional há 2 semanas ?
    - O que aconteceu à Naval há 1 semana ?
    - O que aconteceu ao Braga esta semana ?
    - O que vai acontecer ao Sporting para a próxima semana ?
    - O que vai acontecer ao Leiria daqui a 2 semanas ?

    Na resposta a estas perguntas encontram a explicação para tanto falatório.

    Falei !

    ResponderEliminar
  20. Nautilus, venho, em nome de todos os bracarenses, pedir-te desculpa por termos orgulho no passado da nossa cidade. Uma cidade milenar. Uma cidade cuja Sé geriu, a nível de Igreja, todo o Portugal e parte da Espanha durante centenas de anos. Uma cidade que foi capital várias vezes, com diferentes povos.

    É uma pena que só alguns achem que se podem gabar da sua cidade ou utilizar frases dentro do mesmo estilo da desta imagem.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  21. «Rui Carlos Gonçalves, é verdade que Bracara Augusta foi,de facto, algures no passado, algo semelhante a uma capital, mas ao serviço dos invasores.»

    Sim, também houve aquele tempo em que não existiam humanos. Lembra-se? A sua afirmação é desprovida de qualquer sentido.

    ResponderEliminar
  22. Pois, Braga era capital duma nação que agora todos desprezam apesar de ser a nossa verdadeira nação.

    Hoje, nós Galaico-Portucalenses em vez de defendermos a nossa nação e identidade Galaica preferimos defender uma nação a que erradamente chamam de "Portugal" e que é formada por Galaico-Portucalenses, Mouro-Lusitanos e Mouro-AlGharbios.

    ResponderEliminar
  23. Isto é mesmo o futebol no seu pior. É por estas coisas que acreditando nas vantagens de uma regionalização, acabo por concordar que é uma utopia. A regionalização mais do que modernizar a organização do estado, serveria para os "pequenos caudilhos" se afirmarem contra a região vizinha. É o que dá dar voz a grunhos que de história conhecem a dos livros do tio patinhas. Esta foto é um sinal de bairrismo doentio. Uma provocação que se compreende em grunhos, uma vergonha para quem lhe dá cobertura. A minha cidade é muito mais que isto. A minha Braga deveria desejar ser capital de um melhor futuro. Que se "lixe" o pontapé na bola.

    ResponderEliminar
  24. Correu bem o inicio de semana desportiva para o Braga. A Liga lá deu uma ajudinha e o Braga está mais perto da UEFA.
    Guardem lá o resto dos Kompensans para o próximo fim-de-semana! Afinal de contas, e sem jogarem, subiram um lugar!

    ResponderEliminar
  25. entao se braga ja era capital antes de portugal nascer isto quer dizer que braga nao e portugal e a capital agora de onde nao sei...
    é pa que coisa confusa entao quando eram capital ja cantavam A Portuguesa?? estou serto que nao entao porque agora cantam??

    ResponderEliminar
  26. Este pessoal todo dono da mural ainda à de ter a formação de nível universitário não cabula de alguns membros da claque para preceber que isto são apenas brincadeiras!
    Quando o nosso objectivo for escrever a história de Portugal pegamos em papel e caneta, não em plasticos!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores