Braval inicia produção de energia em 2009

| Partilhar
«Meados de 2009 é o timing definido pela Braval, Aterro Intermunicipal do Cávado, para iniciar a produção de energia eléctrica, através da valorização dos resíduos orgânicos. O administrador-delegado Pedro Machado, em declarações ao JN, revelou que, numa primeira fase, a Braval vai produzir cerca de 10 mil toneladas/ano. Mas, o objectivo é chegar às 40 mil toneladas/ ano até 2011.» [Jornal de Notícias]

3 comentários:

  1. Li com bastante atenção este post, bem como a noitícia do JN.
    Afinal a Braval vai produzir energia, ou lixo?
    Que produz lixo, isso todos nós sabemos. Mas se vai produzir energia, o valores devem vir expressos em MW (mega watts) e não milhares de Toneladas.

    ResponderEliminar
  2. Caro anónimo das 21.57,
    a Braval é uma empresa vocacionada para o tratamento e valorização de resíduos... Como resulta óbvio, não produz lixo, dah...! E se algum produz, trata dele.
    Quanto à nomenclatura, ela parece-me da responsabilidade do jornalista. Não será?

    ResponderEliminar
  3. anónimo das 2:26.

    "Quanto à nomenclatura, ela parece-me da responsabilidade do jornalista. Não será?"
    Isso seria verdade, se fosse possível medir a energia ao quilo! Mas na verdade não é! Não é fornecida informação nenhuma sobre a quantidade de energia que resulta das 40 mil toneladas de lixo. Dependo do método produtivo, pode produzir energia para manter uma pequena cidade, ou nem sequer conseguir acender uma lâmpada!
    Já agora, a quantidade de energia mede-se em Wh (watts.hora) ou megawatts.hora (1 MW.h = 1 milhão de W.h)!

    cumprimentos

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores