Avenida dos Leitores: Balneário Romano na Estação de Braga

| Partilhar
É um balneário pré-romano. Foi descoberto aquando das obras de remodelação da estação de caminho-de-ferro de Braga e (muito bem) preservado. Está à espera dos visitantes no piso -1 da estação, com acesso por elevador e escada rolante.

A acompanhar o balneário há painéis explicativos, com legendas, a reconstituição tridimensional, um mapa do Entre-Douro e Minho com a distribuição dos balneários de sauna descobertos até 2003 e uma citação de Estrabão, tudo em Português, Inglês e Francês.

O problema é que quem chega a esta porta de entrada da cidade pode não se aperceber da sua existência. Que eu tenha visto, não está colocada em lugar visível qualquer placa indicativa, que permita a quem chega saber que o percurso pelos monumentos de Braga pode começar já ali. Da mesma forma, também não consegui encontrar afixada qualquer informação sobre o património bracarense. Se a informação existe, não estará discreta demais?

Enviado por Lois Lane

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Eu hoje encontrei mas foi uma casa de banho, ou espécie disso, no intervalo do braga - Vitória. Também me parece que é do tempo dos romanos, mas enfim la teve que ser...:)

    ResponderEliminar
  3. De facto mereceria outro destaque, desde logo, porque julgo que é o único balneário castrejo de vale. De qualquer maneira, parece-me bem mais grave o estado de abandono em que se encontra o castro da Falperra, assim como as ruínas do palácio suevo, também no monte da Falperra.

    ResponderEliminar
  4. Finalmente alguem faz referência aos balneários romanos, porém permitam-me lembre que naquela estação ferroviária existiu um Museu de material ferroviário, coisa rara e que Braga perdeu.O mesmo sucedeu a placas existentes no antigo edíficio da estação referentes a acontecimentos relevantes para a cidade, refiro-me a uma placa alusiva à visita do Papa em comboio, suponho em 1982, e também à placa comomerativa do centenário dos Caminhos de ferro no Ramal de Braga. Já agora pergunto ficaria mal uma Locomotiva das antigas no antigo largo da estação? Uma coisa parece certa, até ao momento ali nada existe!Enfim coisas da cidade.

    ResponderEliminar
  5. Finalmente alguem faz referência aos balneários romanos, porém permitam-me lembre que naquela estação ferroviária existiu um Museu de material ferroviário, coisa rara e que Braga perdeu.O mesmo sucedeu a placas existentes no antigo edíficio da estação referentes a acontecimentos relevantes para a cidade, refiro-me a uma placa alusiva à visita do Papa em comboio, suponho em 1982, e também à placa comomerativa do centenário dos Caminhos de ferro no Ramal de Braga. Já agora pergunto ficaria mal uma Locomotiva das antigas no antigo largo da estação? Uma coisa parece certa, até ao momento ali nada existe!Enfim coisas da cidade.

    ResponderEliminar
  6. Questão de oportunidade...Quem critica deve argumentar com razões supostamente, para quem o faz, válidas.Parece-me que na actual estação falta algo, talvez uma secção de informação para atender quem nos visita, pelo menos em tempo de Verão.Não podemos esquecer que aquele local é uma das portas de entrada da cidade, onde diáriamente chegam e partem comboios de longo curso.Também julgo oportuno lembrar que falta ali uma máquina ou um depósito de bagagens, coisa usual em estações como esta... Enfim coisas simples mas uteis...

    ResponderEliminar
  7. - Eu eu que pensava que bastava uma cidade pejada de placas "A11 por ali", "A11 por aqui", "A11 por acolá" ou então "Estádio Axa - por acoli".

    Vão a Évora, senhores autarcas, admirar como se sinalizam os pontos de interesse da cidade!*

    - A estação ferroviária de Braga é, julgo não me enganar, o único edifício/local da cidade onde se podem observar patrimónios oriundos de três milénios: algures A.C., século XIX e século XXI.
    - http://ocomboio.net/PDF/dm-balneario-01.pdf
    - http://ocomboio.net/PDF/UMjornal-arqueologia-b.pdf
    - http://ocomboio.net/PDF/eg-braga-maio-1963.pdf (Eléctricos e Trolleys)



    * tentei descobrir mas em Évora não vi stands de automóveis ou casas de baterias sinalizados. Em compensação, todos os alojamentos da cidade estão exaustivamente sinalizados. E são imensos.

    Dario Silva.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores