Solução Final

| Partilhar
[via Small Brother]

9 comentários:

  1. Aí está uma coisa que bem falta faz a Braga. Seria muito bom que os gays bracarenses se assumissem e conquistassem o seu espaço. Não será fácil devido à mentalidade retrógrada típica de uma cidade mergulhada na província profunda do preconceito.

    Para bem da pluralidade e abertura de espírito seria bom que Braga começasse a ganhar diversidade. Aqueles que vivem no "armário" começassem a levar a sua vida da forma que realmente gostariam.
    Seria um pequeno passo para se abrirem as mentes da maioria dos bracarenses que atrasam a evolução da cidade a todos os níveis....

    ResponderEliminar
  2. 101% de acordo com o anterior comentário!

    ResponderEliminar
  3. Ok, também concordo! Mas não nos esqueçamos que não é só uma questão de "mentalidade bracarense", mas também é uma questão, essencialmente, de mentalidade a nível nacional.

    ResponderEliminar
  4. Com certeza que é mentalidade a nível nacional mas que em Braga é ainda mais atrasada....

    ResponderEliminar
  5. que quer o 1 anonimo? as marchas gays em braga? festas so de gays? eventos so para gays? campeonatos de futebol so para gays?
    francamente acho isso uma estupidez, andar a fazer eventos so para pessoas gays.

    Epa quem quiser ser gay que seja. Sabe la o anonimo se os gays de Braga não se assumem. Se calhar estao todos casados, a viver com o seu namorado ou à procura de um e todo o seu circulo de amigos sabe o que sao..

    Acho que ser gay devia ser uma coisa normal e não uma coisa estupida ao ponto de andarem a fazer marchas gay e campeonatos gay estupidos. Assim acabam por se ridicularizar e descriminar-se a voces proprios.

    Nao tenho nada contra gays. Por mim quem quiser ser gay que seja. Não é preciso é andarem a dizer aos berros "Eu sou Gay" como se fosse uma coisa do outro mundo.
    Os heterossexuais tambem nao andam a fazer marchas, passeios so e so para heterosexuais, ou campeonatos de futebol, eventos so para heterosexuais onde os gays e lesbicas nao possam entrar.

    ResponderEliminar
  6. Eu cá acho que o tipo de marchas e afins só serve para provar uma coisa... Os gays discriminam-se mais a eles próprios do que o resto do mundo os discriminam. Mania da perseguição. Se querem andar de mão dada na rua e por aí fora, que andem! É claro que as pessoas vão olhar e comentar, pois é algo que não é vulgar. Entenda-se vulgar como algo visto todos os dias.
    Por mais mente aberta que tenha, e até sou um tipo liberal, é claro que olharia e comentaria.

    ResponderEliminar
  7. "não é vulgar?" "ia olhar e comentar" "não é algo que se veja todos os dias" e ainda te dizes um tipo de mente aberta e liberal....Desculpa mas isso não faz qualquer sentido..


    Pergunta a um habitante de NY, S. Francisco, Paris, Londres, São Paulo, Tóquio, Madrid, Barcelona e até Lisboa em alguns meios, se param na rua e comentam sempre que passam por um gay. Se vão comentar quando vêm 2 homens ou 2 mulheres de mão dada a passear.
    Logicamente que não, pois é uma situação perfeitamente banal e à qual se assiste todos os dias em diferentes locais dessas cidades.

    Aquilo que escreveste é a prova do provincianismo da cidade de Braga, é a prova que estás longe de ser alguém liberal e de mente aberta.

    Nãos se pede que Braga agora seja NY, Paris ou São Paulo pede-se é que seja um pouquinho menos retrógrada, o que já seria bom. Não se pretendem manifestações gays, campeonatos de futebol gay etc Pretende-se apenas que os gays possam levar a sua vida da forma que gostariam sem terem que passar na rua e as gentes "liberais" de Braga parassem para comentar e achassem ser uma coisa pouco vulgar.

    Mas isso ainda vai demorar gerações nesta terrinha chamada Braga. Por aqui, parece que o tempo não passa...

    ResponderEliminar
  8. Caro anónimo das 15.54:

    Penso que o que o abilio quis dizer foi que ele comentaria se visse um casal de gays de mão dada exactamente pela facto de isso nunca acontecer em Braga. Para que se deixe de comentar, é necessário que esse tipo de comportamentos ocorra. As pessoas não são indiferentes ao meio que as rodeia e ver algo que não é frequente chama a atenção: isso não é ser retrógrado ou pouco liberal. Se nas grandes capitais mundiais as pessoas começassem a andar nuas pela rua, isso não teria nenhum problema, cada um "veste-se" como quer. Mas é óbvio que todos iriam olhar até ser uma coisa comum (no sentido de frequente). Tu não olharias? Ou achas que isso colocaria em causa a tua mente aberta e não provinciana?
    É claro que, em Braga, qualquer comportamento diferente do que se observa todos os dias irá sempre demorar a ocorrer com naturalidade. Uma das principais causas é o facto de ser uma cidade pequena sem anonimato. Será por acaso que quase todos os comentários anteriores foram anónimos?

    ResponderEliminar
  9. Completamente de acordo com a Filipa Rodrigues.
    Ana Matias

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores