Santana Lopes Nota 20

| Partilhar
A SIC Notícias convidou o ex-Primeiro Ministro para uma entrevista sobre o momento difícil que o PSD está a passar. A SIC Notícia decidiu interrompe-la para transmitir em directo, imagine-se, a chegada de José Mourinho ao Aeroporto de Lisboa. Após o directo, Santana Lopes reagiu: «O país está doido e eu não quero continuar a entrevista.»

A decisão de interromper uma entrevista a um ex-Primeiro Ministro acerca de um tema muito relevante da política nacional para a transmissão directa de um não-acontecimento mostra a qualidade editorial das televisões portuguesas. Foi provavelmente o melhor momento público da vida de Santana Lopes.

21 comentários:

  1. A interrupção da entrevista, por parte da SIC, é inqualificável, a atitude de Pedro Santana Lopes é de se lhe tirar o chapéu

    ResponderEliminar
  2. Não é propriamente o meu politico favorito mas teve mesmo muito bem..

    ResponderEliminar
  3. É inqualificável o modo como gozam com a cara dele, quando relatam a notícia de que ele deixou a entrevista a meio.
    Só isto e a entrevista da Lusa que fizeram ao Pedro Morgado e a outros colegas de curso que foi publicada gravemente distorcida.

    ResponderEliminar
  4. Também notei a forma indecente como a SIC está a apresentar o abandono de Santana Lopes.

    A SIC devia corar de vergonha pelos seus inaceitáveis critérios editoriais.

    ResponderEliminar
  5. Os meus sinceros parabéns a PSL , disse o que muitos pensam.
    Este tipo de jornalismo é um vómito.

    O futebol já mete nojo aos cães e eu adorava futebol.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo, não tem nada a ver com futebol. Importa é que foi interrompida para noticiar um não-acontecimento. Ainda por cima em directo. Acontece com o futebol, como acontece com qualquer coisa.

    ResponderEliminar
  7. será que é por ser o "costa", o outro irmão, já muito acusado por carrilho de falta de independência jornalística,que se continuam a fazer estas palhaçadas?

    ResponderEliminar
  8. Fez bem. Embora aquilo que ele estivesse a dizer ou fosse ainda dizer não tenha qualquer relevância.

    ResponderEliminar
  9. Fez bem. Embora aquilo que ele estivesse a dizer ou fosse ainda dizer não tenha qualquer relevância.

    ResponderEliminar
  10. PSL fez o mesmo que eu fiz em minha casa. Desliguei a televisão e fui-me embora. Palhaços!!!

    http://norteamos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Os meus parabens ao Santana Lopes.
    Se toda a gente fosse assim, as coisas não estavam como estão!
    Ainda há genta com "tomates"!
    Pedro

    ResponderEliminar
  12. Não assisti a esse acontecimento com muita pena minha, mas realmente é uma tristeza, será que estas pessoas não pensam um bocadinho?!
    Teve bem p Santana Lopes ao tomar essa atitude.

    ResponderEliminar
  13. É mais uma prova da mediocridade da comunicação social portuguesa.
    Além da falta de rigor informativo é em todos os casos uma falta de respeito pela pessoa convidada (neste caso Pedro Santana Lopes).

    Qualquer dia interrompem o presidente da república apenas para mostrar mourinho a cortar um bife... tenho a certeza que o treinador dispensa tanta atenção.

    ResponderEliminar
  14. Portugal é o país dos parolos e de gente que não tem o que fazer. Como eu queria que a espanha anexasse esta terrinha..mas nem eles nos querem...

    ResponderEliminar
  15. rps, eu desliguei a internet quando tu escreveste. pensei que também não fosses dizer nada para acrescentar qualidade a este debate.

    ResponderEliminar
  16. como já analisei no www.mesadaciência.blogspot.com o Santana Lopes esteve muito bem e aproveitou para humilhar e educar a equipa da SIC notícias. Que mal vai este país...

    ResponderEliminar
  17. Concordo que não lhe deviam ter feito aquilo, mas começo a achar que ele aproveitou aquilo para ter um bocado de protagonismo e fazer figura de coitadinho.

    visitem o meu blog:
    http://wwwbragablog.blogspot.com

    ResponderEliminar
  18. O Dr. Santana Lopes merece os maiores aplausos pela atitude que tomou e deu uma lição de dignidade à maioria dos políticos deste país, para quem o futebol é uma espécie de engodo que eles não dispensam em qualquer circunstância.

    ResponderEliminar
  19. O país está,de facto, louco! Parece que tudo é futebol! Ao mesmo tempo, cada vez mais distante dos outros, da Europa também. Por isso, louvo a atitude de Santana Lopes. Eram precisos muitos santanas!!!!!m

    ResponderEliminar
  20. Uma vez mais, as notícias de "interesse do público" sobrepuseram-se às "notícias de intersse público", o que é lamentável.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores