Metabloguismo: Os Blogues de Referência e os Outros

| Partilhar
Pacheco Pereira acha que a blogosfera, apesar de ter um maior número de escritores e leitores, está mais pobre:

Por um lado, é cada vez maior a sobreposição da agenda comunicacional "lá fora" com a agenda "cá dentro". É um processo que resulta do reforço do contínuo entre blogues e jornais. [...] Por outro lado, o efeito de politização intensa dos blogues e da cada vez maior circulação dos autores de comentário nos blogues para as colunas dos jornais, da rádio e da televisão, torna obrigatório que eles sigam também em tempo real os eventos políticos. As agendas tornam-se mutuamente dependentes e o efeito final é empobrecedor. Há, no entanto, aspectos, como a crítica aos media, que ainda se centram apenas nos blogues.

A crítica de Pacheco Pereira aplica-se à blogosfera que melhor conhece e assenta muito bem ao seu próprio blogue, que, além de outras coisas, é depósito daquilo que vai escrevendo para o Público e a Sábado. De facto, os chamados «blogues de referência» albergam vários nomes conhecidos da política, dos media e das artes, pessoas que já tinham consolidado o seu espaço de intervenção na esfera pública. Quanto a isto, estamos de acordo, a blogosfera não traz nada de muito novo.

O que é novo e interessante na blogosfera é, precisamente, a capacidade de todos os outros pequenos blogues e anónimos bloggers influenciarem o que se escreve nos «blogues de referência» que, por extensão, acaba por captar a atenção dos media. Outra das grandes riquezas da blogosfera é a emergência de movimentos de reflexão/discussão regionais, capazes de colmatar as carências de pensamento crítico e elites pensantes que imperam fora dos grandes centros urbanos. Finalmente, a possibilidade de reflexão sobre temáticas tradicionalmente afastadas ou superficialmente abordadas pelos meios de comunicação de massas.

Pacheco Pereira promete mais. Aguardamos os próximos capítulos da sua visão sobre a blogosfera sua blogosfera.


Mais opiniões sobre o tema: Metabloguismo - Algumas Discordâncias Essenciais, As Emoções Básicas (crónicas) I, Notas diplomáticas, Nem representativo nem triunfante, "É uma espécie de Princípio de Peter".

6 comentários:

  1. Eu acho que a blogosfera se encontra em crescendo, e que ganha pontos por permitir uma cada vez maior troca de opiniões.

    ResponderEliminar
  2. PP tem o complexo de superioridade e é um elitista presunçoso.Talvez se aplique a PP o Princípio de Peter.

    ResponderEliminar
  3. A estrela-gigante Abrupto está cada vez mais rodeada de estrelinhas que lhe empobrecem o brilho relativo...

    Para JPP a blogosfera está tornar-se mais pobre; para todos os outros, está a tornar-se uma força social cada vez mais activa.

    Bad luck, Jeff :)

    ResponderEliminar
  4. Concordo contigo, Pedro. Contudo há uma certa verdade no "As agendas tornam-se mutuamente dependentes e o efeito final é empobrecedor"...

    ResponderEliminar
  5. »»»»a capacidade de todos os outros pequenos blogues e anónimos bloggers influenciarem o que se escreve nos «blogues de referência» que, por extensão, acaba por captar a atenção dos media.««««

    não concordo com esta parte: como blogger anónima, o meu objectivo nunca foi chamar a atenção dos grandes mas chegar ao público anónimo como eu. ou seja, quebrar a necessidade de mediação, digamos assim.

    a grande vantagem dos blogs é porem pessoas normais em contacto directo umas com as outras. é aliás isso que incomoda pessoas como o pacheco pereira.

    por outro lado, muitos jornalistas parasitam os blogs à procura das ideias que não têm e das investigações que os próprios não são capazes de fazer.

    ResponderEliminar
  6. A «espiral do silêncio» finalmente fez efeito sobre Pacheco Pereira. Já era tempo...

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores