Transportes no Minho - VI

| Partilhar
Pedro Menezes Simoes lança a proposta de construção de um aeroporto na região de Braga. Apesar de não ser uma prioridade a curto prazo, a ideia é preparar o futuro. Um post a ler, no Norteamos.

Espero não ser acusado de centralismos, mas parece-me que idealmente o novo aeroporto, vocacionado para as Low Cost, deveria ficar a cerca de 50kms do Porto (70 no máximo). Sendo assim, 2 localizações parecem especialmente adequadas do ponto de vista economico-turistico, havendo outras possíveis:

Na zona de Braga, na área do quadrilátero urbano (Braga, Barcelos, Famalicão e Guimarães), onde teria a virtude de potenciar Braga e Guimarães como destinos turísticos de City Break, bem como captar voos e passageiros da Galiza. Particularmente oportuna com a AV até Vigo. A minha favorita, de longe.

Na zona de Aveiro. Poderia potenciar o Porto de Aveiro para tráfego de mercadorias, desenvolver algum turismo na cidade, e captar passageiros de Salamanca. Caso o novo aeroporto de Lisboa não fique na OTA, seria particularmente vantajoso para a zona de Coimbra-Aveiro-Viseu, bem como para o Pólo Turístico da Serra da Estrela. Caso fique na OTA, haveria alguma sobreposição de área de abrangência (mas, com o TGV, poderia servir para aliviar 2 aeroportos, ASC e OTA, até porque esta só terá capacidade para 30M pax.) Coimbra é uma solução quase equivalente (caso não haja OTA).

8 comentários:

  1. No caso de Aveiro seria, provavelmente, em Ovar? Por causa da base área militar - traçando um paralelismo com Beja.

    No caso de Braga, uma adaptação do aeródromo de Braga para low costs é, de todo, possível? Há espaço?

    ResponderEliminar
  2. Caro Jam,
    Perguntas pertinentes para as quais não tenho resposta.

    ResponderEliminar
  3. Apenas vou comentar em relação ao de Braga, porque apenas conheço suficientemente bem este.
    Este não tem capacidade porque tem apenas 950m de pista, não possui espaço para expansão, segundo o que se fala a cidade vai-se desenvolver para esta área, logo o aeródromo vai ter que sair dali. Pode ser com o novo do aeródromo se faça logo preparado para essa ascensão. O que de facto seria uma mais valia para a regi-ao minhota.

    ResponderEliminar
  4. Apesar de não ter conhecimentos técnicos sobre esta matéria, parece-me que não será uma ideia que tenha grande futuro. O aeroporto Francisco Sá Carneiro encontra-se longe de estar esgotado. Pelo que sei, até há bem pouco tempo tinha problemas de falta de tráfego aéreo.

    ResponderEliminar
  5. Nuno,

    De facto, a ideia é preparar desde já o futuro (novo aeroporto só é mesmo necessário em 2025-2030). Aliás, o facto do aerodromo de Braga vir a ser transferido para outro lado, mostra que o meu post até era mais relevante do que eu pensava à partida.

    Um novo aerodromo em Braga deveria obrigatoriamente ser pensado para atrair voos charter e low cost. (aliás, como dizia Paulo Portas ontem no parlamento, com quem não simpatizo, hoje em dia deve-se pensar em tipologias de aeroportos - o ASC seria o aeroporto "executivo" e Hub da região; o de Braga seria o Low Cost).

    Quanto à questão do ASC ter problemas de falta de tráfego, essa foi uma situação temporária, interrompida em 2003, e que se devia à estratégia da TAP de concentrar os voos internacionais em Lisboa (para além de ter uma qualidade de serviço péssima nos domésticos).

    Desde o fim das obras no ASC que este tem sido o aeroporto que mais cresceu (este ano está nos 20%) e pensa-se já em antecipar a próxima expansão.

    Aliás, neste momento existe o efeito contrário - a TAP começa a reabrir as rotas que tinha fechado...

    Depois, o inicio da afirmação do Porto como destino city break desde 2004(para o qual a integração da oferta com Braga, Guimarães, e Douro, pelo menos, é essencial, mas essa é outra questão) tem potenciado em muito o crescimento do tráfego.

    Mesmo a afirmação internacional de Braga como destino turístico city break (apenas 4 cidades em Portugal têm real potencial para isso - Lisboa, Porto, Coimbra e Braga+Guimarães) poderia ser muito potenciada pela presença de um aeroporto barato - mas antes, é preciso afirmar Braga internacionalmente...

    Nota: como se vê, nem todos os portuenses são centralistas ; )

    ResponderEliminar
  6. Aerodromo em Braga??? Ahauhuahu

    Isto atinge os píncaros do rídiculo. Não têm mais nada que fazer???

    Quando se renovou totalmente o Aeroporto do Porto, que parece um lugar fantasma pois não tem trâfego nenhum, vêm estes iluminados falar em novo aerodromo em Braga?? Em Braga, cidade que fica a 40 mns de carro do Porto.

    Quem vem de avião para Braga??? Querem construir um aerodromo para cursos de paraquedismo??

    Vão trabalhar!

    ResponderEliminar
  7. O único local com as condições para receber uma pista com 2000-2300 metros, a uma distância aceitável de Braga é mesmo em Prado entre o "estirão" e o Cávado. Os terrenos teriam de ser reservados para esse efeito desde já, pois a pressão imobiliária sobre a zona está a aumentar.

    ResponderEliminar
  8. A Braga nao lhe falta um aeroporto. Falta-lhe uma rede de transportes para o aeroporto.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores