Projectos adiados

| Partilhar
Otília Sousa, da Comissão de Obras Públicas, Transportes e Comunicações da Assembleia da República revelou que "nesta altura, ainda não há estudos para potenciar a linha Braga/Guimarães porque a capacidade instalada não está totalmente rentabilizada, já que a CP Porto é uma empresa nova".

Uma frase quase indecifrável que poderia ser sintetizada da seguinte forma:

"Não estamos em Lisboa, portanto não há comboio para ninguém!"

9 comentários:

  1. É a técnica do fala fala, embrulha e nada diz.

    ResponderEliminar
  2. Curioso é que existem dois polos da UM nessas duas cidades. Inclusivé os alunos de medicina têm que saltar constantemente de uma para a outra (segundo me foi dito). Não há potencial? Não é mais racional uma linha eficaz do que uma autoestrada caríssima?

    E se a ligação fosse do Terreiro do Paço ao campo pequeno? Aí certamente que se cavaria um amplo túnel em que coubesse o ego desses ministro (era melhor não porque então Lisboa vinha abaixo, se calhar até era boa ideia...).

    Portugal não é um país é cada vez mais um deserto. http://culpadomedico.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. O terramoto de 1755 está para voltar e vai limpar o esgoto todo de Lisboa que pensa que manda neste país. Cambada de chulos.

    ResponderEliminar
  4. Há que ter cuidado com o que se diz. Eu sou lisboeta e nao sou chula. Porque é que toda a gente gosta de generalizar? Se os ministros nao fazem nada por este país (que nao fazem) a culpa nao é dos lisboetas. NÓS SOMOS PESSOAS COMO AS DE BRAGA, PORTO, COIMBRA, BRAGANÇA, ETC....

    ResponderEliminar
  5. ....mas vivemos melhor um "bocadinho".

    ResponderEliminar
  6. a propósito do tema:

    http://regioes.blogspot.com/2007/03/lisboetizao-parania-minha-ou-vergonha.html

    destaco a bonita frase sáida do elpais:
    Solbes cede ante el Gobierno portugués, interesado en no alentar el autonomismo de Oporto.

    Que lindo , não é?

    ResponderEliminar
  7. Cada vez estou mais farto deste Olissipocentrismo. Uma ligação rápida e barata entre Guimarães e Braga é, há muito, necessária! A autoestrada que liga Guimarães a Braga é mais caro por km do país!

    Lembro que, quando chegou a Guimarães a corrente eléctrica, os primeiros projectos em que se pensou foi: iluminação das vias públicas, electricidade para as casas e comboio eléctrico de Guimarães a Braga...

    ResponderEliminar
  8. Eu se não fosse o Otelo de Guimarães (um reaccionário vimaranense) diria o seguinte: É urgente a ligação ferroviária entre Guimarães e Braga, se necessário que se juntem as duas autarquias, a universidade, o Ave Parque e o Instituto Ibérico Investigação e Desenvolvimento e que façam o raio da linha! A estrada Braga-Guimarães é um caos, especialmente em horas de ponta e no trajecto Taipas-Guimarães! Estamos a falar de uma ligação que serviria um universo de mais de 300000 pessoas!! A auto-estrada, como disse e bem o Ergolas, é a mais cara por km do país…
    Como sou o Otelo digo isto que disse…e mais não digo!

    Otelo de Guimarães

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores