Mestres na propaganda

| Partilhar
A verdade sobre as contas públicas a não perder no Blasfémias.

«Afinal, quem segurou o monstro, como sempre, foram os contribuintes.»

1 comentário:

  1. Viva,

    É fenomenal brincar com os números mas é necessário ter atenção aos pormenores.

    A despesa corrente primária não inclui os juros da dívida (como todos sabemos são cada vez maiores, tanto os juros como a dívida pública). A despesa corrente (total) inclui os juros da dívida. Em suma o "monstro" foi domado pelos contribuintes mas como a despesa corrente primária desceu (o que quer dizer que se a despesa corrente aumentou foi porque o aumento dos juros da dívida foram maiores que a redução da despesa primária) estes não foram os únicos a domar o "monstro". Como se trata dum blogue liberal não me espanta que faça as contas nesta perspectiva.

    Abraço,

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores