Sobre o Primeiro de Dezembro em Braga

| Partilhar
"A notícia chega a Braga a 4 de Dezembro. Antecendendo a decisão por parte do Senado bracarense de aclamar o Rei, o que só acontece no dia 11, logo a classe estudantil dá largas ao seus entusiasmo: «Forão os estudantes os primeiros, os quaes com aprazimento, e ordem de seus Mestres repicando-se o Relogio, e mais sinos do Collegio da Companhia de JESU (sic), e logo os da Sé correrão as ruas dando vivas, e aclamando sua Magestade...»
Cunha, MH. O 1º de Dezembro. In Tradições Académicas de Braga (2001) Braga: AAUM.

"Passou este anno quasi despercebido nas differentes terras do Minho o dia 1º de Dezembro, data da independencia portugueza. Em Braga, comtudo, algumas manifestações se fizeram, ainda que bastante desanimadas"
Comércio do Minho, 6 de Dezembro de 1887

"Se não fossem elles, os rapazes, o dia de hoje passaria quasi desapercebido em Braga. As manifestações officiaes estão redusidas á côrte e a uma ou outra cidade mais importante,... No resto do paiz, esta data nem é recordada. Braga, porém, protesta contra esta lethargia..."
Comércio do Minho, 1 de Dezembro de 1896

0 Comentários

Enviar um comentário

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores