Braga 2009: Ricardo Rio a Subir

| Partilhar
2006_braga_CMB
© VRfoto

No dia em que se conheceram duas sondagens para as eleições do próximo Domingo em Braga, Ricardo Rio lidera uma em situação de empate técnico e Mesquita Machado lidera outra com margem confortável.

A Eurosondagem atribui a vitória a Mesquita Machado com 44,8 a 49% dos votos, enquanto Ricardo Rio obtém 35 a 38,8%. A sondagem tem uma margem de erro de 4,25% e contou com 530 entrevistas. Contudo, esta sondagem foi realizada nos dias 1 e 2 de Outubro, antes da polémica recusa de Mesquita Machado em participar nos debates com os outros candidatos.

Na sondagem da IPOM, Ricardo Rio lidera as intenções de voto, embora a diferença entre os dois candidatos mais votados seja inferior à margem de erro do estudo, pelo que é correcto falar-se numa situação de empate técnico. Esta sondagem foi realizada nos dias 5 e 6 de Outubro, através de 794 entrevistas e tem uma margem de erro de 3,5%.

34 comentários:

  1. Ainda:

    Estudo de Opinião efectuado pela Eurosondagem, S.A. para o Expresso, SIC e Rádio Renascença, dias 01 e 02 de Outubro de 2009. Entrevistas telefónicas, realizadas por entrevistadores seleccionados e supervisionados O Universo é a população com 18 anos ou mais, residente no Concelho de Braga, e habitando em lares com telefone da rede fixa. Foram efectuadas 596 tentativas de entrevistas e, destas, 66 (11,1%) não aceitaram colaborar no Estudo de Opinião. Foram validadas 530 entrevistas, correspondendo a 88,9% das tentativas realizadas.

    1. Ligaram para telefones fixos durante o dia, pelo que ou atenderam reformados ou crianças. Tenho uma pessoa na família com 15 anos que respondeu a uma sondagem

    2. A amostra é muito reduzida e inferior à da RUM

    ResponderEliminar
  2. Mais acrescento ao comentário do anónimo anterior que a sondagem da eurosondagem de 2005 dava uma diferença de 17% para o PS, sendo que a diferença foi de +- 5%.
    Palavras para quê?

    ResponderEliminar
  3. Estas sondagens da Eurosondagem são uma anedota!

    ResponderEliminar
  4. Tentei entrar no site dessa conhecida empresa nacional de sondagens, IPOM, com sede em Gaia entre o estúdio do Abrunhosa e o Life, mas infelizmente fiquei com o rato desvairado e o PC crashado:/
    Qto ao wishful thinker anónimo que aqui escreveu há 15 minutos e propósito das idades..leia a ficha técnica.

    ResponderEliminar
  5. Mesquita Sempre Ausente
    http://img39.yfrog.com/img39/4601/h0.jpg

    ResponderEliminar
  6. A esquerda vota na esquerda - lista de apoiantes
    O Bloco de Esquerda divulgou uma lista de apoio à eleição de João Delgado para a vereação da Câmara de Braga, bem como às candidaturas do Bloco de Esquerda à Assembleia Municipal e Assembleias de Freguesia.

    Da lista de seis dezenas de nomes destacam-se figuras da vida pública bracarense como o arqueólogo Sande Lemos, os professores universitários Almerindo Janela Afonso e Ana Gabriela Macedo, a arquitecta Maria Manuel Oliveira, os dinamizadores do ex-semanário Minho, Ademar Santos e Artur Moura, os dirigentes sindicais António da Silva (Comércio e Serviços) e Júlia Vale (SPN – FENPROF), o músico Firmino Neiva, os advogados Armindo Vieira Martins e Senra da Costa, o médico Henrique Botelho, o artista plástico Carlos Corais e a economista Helena Magalhães, entre muitas outras cidadãs e cidadãos empenhados numa alternativa de mudança à esquerda.

    João Delgado manifesta-se muito satisfeito com este leque tão variado de apoios e considera que eles são a prova de que a candidatura do Bloco de Esquerda conseguiu “romper com a armadilha do voto útil e atingirá o objectivo de entrar na vereação camarária, acabando com as maiorias absolutas, do PS ou da direita”.

    O candidato do BE acredita que os mais de 10 mil bracarenses que nas recentes legislativas contribuíram para a eleição de um deputado à Assembleia da República manterão “a confiança no Bloco e no programa autárquico, não se deixando seduzir por cantos de sereia de quem quer os votos da esquerda para executar políticas de direita”.

    ResponderEliminar
  7. É triste constatar que neste blog tanto se escreveu e escreve numa nítida campanha contra o presidente Mesquita Machado e a sua política de "tachos", e agora se percebe que o objectivo principal é o apoio faccioso a Ricardo Rio, tendo como interesse o de arranjar para si o seu "tacho" político.

    É preciso ter vergonha.

    ResponderEliminar
  8. Este último comentário é a piada do dia.

    ResponderEliminar
  9. A política autárquica enoja-me porque há demasiados ataques pessoais.

    ResponderEliminar
  10. Estou triste porque não há aqui uma candidatura do Partido Pró-Vida capaz de trazer para a Câmara os valores da Igreja Católica. Estou indeciso entre Mesquita Machado e Ricardo Rio. Nenhum deles assumiu claramente governar com os valores da Santa Mãe Igreja e da tradição.

    ResponderEliminar
  11. Bom ums coisa é certa, MM tem categoria para comprar a SIC e Expresso de uma vez, enquanto que RR se fica pela Sta Margarida. Estou esclarecido!

    ResponderEliminar
  12. Bem sei que o aproximar do acto eleitoral está a pôr as pessoas dos diferentes partidos nervosas. Aliás, não encontro outra explicação para as tentativas de agressão de que foram vítimas candidatos da coligação Juntos Por Braga. Contudo, espero que o debate mantenha elevação.

    ResponderEliminar
  13. o último anonimo nao sabe que as sondagens não são da SIC nem da RR nem do expresso, mas sim da eurosondagem. os media apenas transmitem as sondagens que outros fazem.

    e a eurosondagem é do Oliveira e Costa, conhecido dirigente socialista. esclarecido?

    ResponderEliminar
  14. As melgas(mosquitas)não querem deixar a agua choca do rio este e não só.Spray encima deles.Vamos por o rio a correr com aguas límpidas

    ResponderEliminar
  15. Sondagem??? Alguém acredita que, depois das 3500 pessoas que estiveram na Av. Central na Segunda-feira, depois das mais de 1300 no PEB na passada semana, de um trabalho ímpar na vereação e de um mandato piro que mau de Mesqutia Machado, ainda assim ficássemos com pior resultado que há quatro anos?
    É uma pena que a regulamentação das sondagens não permita um escrutínio sério destas empresas. Mais valia que, como em tantos outros países, nem sondagens existissem.

    Não se esqueçam que MM andava desde a semana passada a anunciar esta "sondagem" e os respectivos resultados. Pedisse ele 20% e 20% teria.

    A única sondagem que interessa aos bracarenses é a de Domingo e nessa é que se verá a vergonha que foi este autêntico serviço encomendado.

    ResponderEliminar
  16. mas essa empresa IPOM dá sempre vantagem ao RR e MM fica sempre prejudicado, é um fato à medida

    ResponderEliminar
  17. A-Mas afinal quem é que é o Sr. Ricardo Rio?
    B-Não sabe? É aquele Sr. que só aparece de 4 em 4 anos.
    A-Só quando há eleições é que aparece.
    B-Exactamente.

    ResponderEliminar
  18. Os socialistas saíram todos da toca para virem aqui insultar o candidato da coligação. Se não tivessem medo não perdiam tempo a insultá-lo.

    ResponderEliminar
  19. Boa noite,
    Penso que não passam de 2 sondagens e que provavelmente não são comparáveis.

    Concluir que por uma ser efectuada em dias diferentes, o Ricardo Rio recupera, parece-me um pouco forçado. Não me esqueço que já foram publicadas anteriormente sondagens que davam a vitória à Coligação e não ouvi ninguém aqui dizer que Ricardo Rio perdeu "terreno".

    Portanto, as sondagens valem o que valem. E julgo, salvo melhor opinião, só poderíamos concluir o que se está aqui a concluir neste Post, se a sondagem de 5 e 6 de outubro fosse da Eurosondagem. Ou a sondagem de 1 e 2 de Outubro fosse de IPOM. Já agora pergunto qual os resultados da ultima sondagem da IPOM? Existe?

    A mim parece-me que o Mesquita Machado vai em vantagem e vai renovar a confiança.

    Mas o que verdadeiramente vale são os votos nas urnas e o resultado disso só Domingo saberemos.

    Que ganhe o melhor e a democracia é o meu maior desejo. Da minha parte já sei em quem vou votar.

    ResponderEliminar
  20. Não era a IPOM, essa grande empresa de sondagem de Gaia, que dava a vitoria a RR em 2005, e bem há pouco tempo ao PSD dos Açores? É só pesquisar na net!

    ResponderEliminar
  21. Miguel,
    Quanto ao facto das sondagens não serem comparáveis estamos de acordo.

    O que me parece inequívoco é que RR tem recuperado terreno se compararmos todas estas sondagens com as que foram publicadas antes das eleições de 2005 e também com os resultados eleitorais desse ano.

    A sondagem da Eurosondagem parece um autêntico disparate, tal como parecia disparatada a sondagem de 2005.

    Mas concordo contigo: Domingo é que se saberá o que decide a maioria dos bracarenses.

    ResponderEliminar
  22. Pedro,

    Vamos aguardar por Domingo e logo se verá.

    Um grd abrço e Boa sorte

    ResponderEliminar
  23. A TVI/Intercampus tem uma sondagem divulgada amanhã que também dá empate técnico. Está tudo em aberto para Domingo. Será um dia histórico porque as pessoas vão expulsar pelo seu voto um dinossauro.

    ResponderEliminar
  24. Sendo assim já não vou votar.
    Mais uma vez, já está tudo decidido.

    Podiam publicar estas sondagens mais cedo, escusavam de nos preocupar.

    ResponderEliminar
  25. 49%??????? Eu juro que mudo de cidade!

    ResponderEliminar
  26. Aplaudam a excelente atitude do Anónimo 1:31.

    Esperemos que seja ironia...

    ResponderEliminar
  27. Acho espantosa a forma como os dois jornais da terra foram parciais; um fazendo campanha por Ricardo Rio, o outro, por Mesquita Machado. Especialmente o Correio do Minho, fez uma campanha escandalosa a Mesquita, onde a figura do figurão aparecia em quase todas as páginas, exceptuando a última, dedicada a umas moçoilas "famosas", onde seria um pouco exagerado colar a foto do autarca no meio de beldades desnudadas.
    Espero que no domingo esta cidade saia do estado zombico de décadas de maioria absoluta.
    Eu por mim, como não estou aqui para enganar ninguém, votarei em João Delgado, por considerar que o mesmo representa a verdadeira alternativa e, para além de mais, por ser um candidato brilhante, que muito honra esta cidade.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  28. eu VOU Votar! nao me assusto com sondagens!
    Domingo contam os votos e so quero que a coligaçao tenha mais um voto! e esse voto pode ser o meu!

    ResponderEliminar
  29. No Domingo apenas há uma esperança para mudar Braga, Ricardo Rio.
    As candidaturas que concorrem para eleger um Vereador não podem mudar Braga.
    Num executivo com maioria limita-se a poder mandar umas bocas. Num executivo minoritário, a não ser que trabalhe e vote em coligação pós-eleitoral, pode retardar a aprovação até à Assembleia Municipal. Na Assembleia Municipal, as maiorias necessárias fazem-se com os Presidentes de Freguesia.
    Razão porque quem quiser votar para a mudança não pode votar para eleger um vereador. Quem quiser votar para a mudança vota para eleger um Presidente.
    Só o Ricardo pode derrotar o Mesquita.

    ResponderEliminar
  30. Face a estas sondagens creio que importante será elegar João Delgado do BE. Será o vereador que fará a diferença e é o vereador que Braga precisa !

    ResponderEliminar
  31. O que está em causa para mim, nas próximas eleições, é, como disse noutras paragens Manuel Alegre, uma questão de decência. Independentemente de outros julgamentos, não é aceitável que alguém se perpetue no poder durante mais de trinta anos, independentemente da sanção do voto. Aqui, na Madeira ou em lugares quejandos.

    Eu, que me considero de esquerda, não tenho alternativa que não votar na coligação de direita ainda que a contragosto – até porque há muitas opções no seu programa com que não concordo... Sob pena de o meu voto não servir para destronar Mesquita Machado do poder. Votar Bloco ou CDU pode não ser suficiente... A democracia está antes da concordância com opções de natureza política e será essa a razão do meu voto.

    ResponderEliminar
  32. O programa politico PS do Sr. M. Machado tem 18 páginas e com muitas páginas em branco (ver site do PS-Braga). O programa político do PSD do Ricardo Rio tem 45 páginas!!
    Para mim esta situação já me diz tudo.

    ResponderEliminar
  33. Quando permitimos que nos amordacem o pensamento (interesses, clubismo, fanatismo...) falamos e agimos sem racionalidade. Quem entende minimamente o que são e como se controi uma sondagem ou como alguns lhe chamam "estudo de opinião", sabe que ao definir um conjunto de critérios á partida (formulação tipo da pergunta e ordem das perguntas) pode-se condicionar o resultado obtendo aquele que se pretende, por outro lado importa não perder da memórias o que nos foi apresentado no passado pelas empresas que nos trazem estas mesmas sondagens e compará-las com o que foi o resultado efectivo e daí retirar as conclusões. Amanhã é o dia em que tudo se decide democraticamente ainda que saibamos ser possível que alguns tentem alterar os resultados depois do exercicio de voto (nas mesas de contagem). Olho Vivo !!!

    ResponderEliminar
  34. "Nenhum deles assumiu claramente governar com os valores da Santa Mãe Igreja e da tradição."

    É isso mesmo. A CMB devia era ser governada pelo clero, em nome da Santa Mãe Igreja e da tradição…

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores