Crise Sentida

| Partilhar
[Em Braga] No primeiro semestre deste ano, há registo de 364 insolvências [2% das empresas], praticamente o dobro das registadas no período homólogo de 2008. [Correio do Minho]

Quem está na vida activa sente o pulso à economia no seu dia a dia. Os relatórios estatísticos cíclicos só serão, por isso, surpresa para alguns. O princípio do fim da crise ainda está longe de ser sentido.

4 comentários:

  1. Pois eu estou na vida activa. Precisamente no ramo dos tranportes-exportação. No meu ramo Abril e Junho foram os piores meses de que tenho memória. Agosto melhorou, graças à recuperação do Brasil - o que não é habitual - e Setembro promete melhorar com mais intensidade, com uma forte ajuda de Angola.

    ResponderEliminar
  2. A crise em Braga é algo mais que a crise mundial.
    É o fim dum modelo velho e relho numa cidade a perder gás. Dizia a minha avó: Nascer no Minho ainda vá agora ficar aqui a apodrecer não. Há muito mundo!

    ResponderEliminar
  3. De gente podre está esta cidade cheia...

    Boa viagem!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores