Acontece no Minho [22]

| Partilhar
Carlos do Carmo - Fado Maestro
© akaTolan

Gerald Cleaver's Violet Hour (braga jazz)
[13 de Março, 22h. Theatro Circo, Braga]
Gerald Cleaver é produto da rica tradição da música da cidade de Detroit. Inspirado por seu pai, também um baterista, iniciou-se na bateria em tenra idade. Gerald Cleaver’s Violet Hour é uma homenagem à cidade onde nasceu e aos grandes percussionistas de Detroit, como Roy Brooks, Lawrence Williams, George Goldsmith ou Richard 'Pistol' Allen. Gerald Cleaver dirige as bandas Violet Hour, NiMbNl, Uncle June e Farmers By Nature.

Fragments (teatro)
[13 e 14 de Março, 21h30m. Centro Cultural Vila Flor, Guimarães]
Nome venerado do teatro contemporâneo, Peter Brook é, sem dúvida, um dos melhores encenadores do século XX. “Fragments”, uma das suas últimas criações, junta quatro curtas peças de Samuel Beckett, “Rough for Theatre I”, “Rockaby”, “Act Without Words II”, “Come and Go” e um poema “Neither”.

O Rei que Comia Histórias (teatro)
[14 de Março, 15h. Ludoteca, Vila Praia de Âncora]
Peça de teatro infantil com marionetas, apresentado pela Companhia Pandora Teatro, encenada por Domingos Noel e interpretada por Ni Fernandes e Domingos Noel. Adaptada a partir do livro de Marilda Castanho. Esta proposta integra a iniciativa «Março é Teatro» da Câmara Municipal de Caminha.

Marta Hugon Quinteto (braga jazz)
[14 de Março, 22h. Theatro Circo, Braga]
Marta Hugon é uma das mais interessantes novas vozes do Jazz português, tendo estudado na Escola de Jazz do Hot Clube de Portugal, complementando os seus estudos no Conservatório de Amesterdão, com Norma Winstone e Nancy Marano, da Manhattan School of Music. Acompanhada por um quarteto de luxo, Marta Hugon é já uma forte referência do Jazz vocal nacional.

Carlos do Carmo (música)
[14 de Março, 22h. Casa das Artes, Vila Nova de Famalicão]
Carlos do Carmo (na fotografia) dispensa grandes apresentações... O fadista iniciou em 1963 uma das carreiras mais sólidas no panorama artístico português, para a qual contribuiu a sua coragem de assumir o Fado no masculino e também o facto de trazer para o Fado novos elementos: contrabaixo e formação com orquestra, entre outros e ainda novos talentosos compositores, bem como a poesia e a prosa de grandes poetas e escritores contemporâneos portugueses.

1 comentário:

  1. Não esquecer os concertos de duas bandas bracarenses, amanhã, nos Arcos de Valdevez. Peixe:avião e Smix Smox Smux no Sons de Vez.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores