Os Problemas do 112

| Partilhar
Há uns tempos, depois de assistir a uma acidente com fuga do condutor de um dos veículos envolvidos, liguei para o 112. A chamada foi atendida à terceira tentativa e caiu ainda antes de explicar o local do sucedido. Numa segunda chamada pedi ao telefonista para se identificar, tendo-me respondido qualquer coisa como: «Eu sou importante demais para me identificar.» Posto isto, não me admiro com o que agora se denuncia em Vila do Conde.

2 comentários:

  1. Olá Pedro

    Nao podia concordar mais com o que publicas. No entanto, seria bom que houvesse mais do que uma perspectiva do mesmo problema.

    Há maus e bons profissionais em cada ocupação. «Eu sou importante demais para me identificar.» é algo ética e profissionalmente inadmissível, se foi verdade. Quanto à identificação, tanto quanto sei os elementos do CODU não estão autorizados a identificarem-se por razões de segurança. Não invalida a tua crítica!

    Quanto à infeliz situação de Vila do Conde, que não deveria ter acontecido de todo, devemos estar conscientes que existe um elevadíssimo número de falsas chamadas para o CODU. Embora este facto não justifique o que se passou, ajuda a explicar. Os prevaricadores deveriam pôr as mãos na cabeça como na história do Pedro e o Lobo, e pensar que um dia poderão ser eles. Mais uma vez o justo paga pelo pecador.

    Não posso concordar com o teu título, nem me parece algo que tu defendas. Devemos identificar falhas, reportá-las e verificar que são corrigidas. Todas as chamadas do CODU são gravadas electronicamente e passíveis de identificação. Denunciaste a tua chamada à direcção do INEM? Se não o fizeste onde está a democracia participativa de que tantos falas!

    ResponderEliminar
  2. Caro José,

    Concordo com as tuas críticas. Reportarei a situação ao INEM e vou alterar o título.

    Abraço,
    PM

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores