S. João de Braga: Perspectiva Histórica

| Partilhar
Saint Joao festivities in Braga
© grazkola

«No mês de Junho decorriam os chamados «Santos Populares», ciclo de festividades sacro-profanas em que o último vector se tornou dominante e, por vezes, quase exclusivo. [...] Mais importantes eram as festividades em honra de S. João, venerado indistintamente nas áreas rurais e urbanas. A universalidade do seu culto tem sido explicada pelo facto de este comportar uma espécie de religiosidade pagã, consubstanciada em práticas e costumes pré-cristãos, comuns a todos os povos de cultura indo-europeia. Há também quem proponha a sua identificação com ritos solsticiais.

Fora da capital, tinham lugar grandes festejos em Almada (os quais atraíam grande quantidade de foliões, que atravessavam o Tejo em botes e faluas), em Braga (aonde acorriam algumas dezenas de milhar de forasteiros, chamados pelo S. João minhoto, sempre vivo, comunicativo e grandioso, com as célebres danças dos pastores e do rei David) e no Porto (cuja fama advinha das suas cascatas e dos animados bailes ao ar livre, organizados por caixeiros e artífices).»

[Rui Cascão, História de Portugal (V Volume - O Liberalismo), Direcção de José Mattoso]

8 comentários:

  1. É bem verdade que a tradição foi pescada a ritus pagãos. Como qualquer tradição cristão hoje existente. Foi a substituição oficial da religião romana que assim o permitiu. Contudo, falta saber que S. João é este. S João da Ponte? S. João do Souto? S. João Baptista?

    ResponderEliminar
  2. É típico este S. João e o local propicio para a festa popular.Braga nestes dias é mais cidade, tem gente de todos os lados, visitantes que ficam admirados com tanta alegria.É pena este movimento raramente ocorrer durante os restantes mêses do Ano.No passado até a feira semanal no centro da cidade, chamava muita gente à cidade, com a mudança de local até essa foi morrendo.O S. João permite esquecer o desalento dos Portugueses e criar um momento de alegria e convivio na cidade.

    ResponderEliminar
  3. este blog é o espelho da cidade .... pobrezinho!!

    ResponderEliminar
  4. São João em Braga é uma cópia de uma festa de outra cidade. É uma festa vazia, sem tradição e sem qualquer interesse.

    É um pretexto para encher a avenida de barracas sem nada de interessante para vender e sujar ainda mais as ruas.

    Por mim dava por terminada essa festa que nunca teve qualquer piada.

    ResponderEliminar
  5. Caiaque, onde arranjaste esse fato, meu? O pessoal do Bloco também compra roupa no Cardoso da Saudade?!

    ResponderEliminar
  6. Caro Pedro Cruz Mendes, é o S. João Baptista. S. João Baptista ou S. João da Ponte é a mesma coisa.

    ResponderEliminar
  7. Gente fina vai para o Porto.Gente fina não se mistura com o povo...gente fina é exigente...lamentável comentário provocador do povo simples e trabalhador que precisa de festas como esta, para viver um pouco de alegria.No minimo deveria saber respeitar todos os que são de Braga.

    ResponderEliminar
  8. Pobrezinho...aquele que se não reconhece entre os seus!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores