Braga de Contrastes: A Propósito de Bicicletas

| Partilhar


«O Presidente da Câmara Municipal de Braga deu por si, esta segunda-feira (21 de Janeiro), a pedalar uma das primeiras "BUTE" a circular na cidade.», no blogue Município de Braga.

«A ciclovia de Braga também serve [...] para os autómoveis...!», no blogue Geração Braga 2009.

21 comentários:

  1. Oh Pedro! Vê lá se pões os senhores a pensar e... qualquer dia encerram a ciclovia em gradeamento.

    Ai a Segurança senhores!

    ResponderEliminar
  2. - ttp://municipiobraga.blogspot.com/2008/01/mesquita-bute.html

    Mesquita bute?

    Bute botar um autocarro no Largo da Estação?
    Então 'bóra lá q'a malta agradece.

    Dario Silva.

    ResponderEliminar
  3. Esta comparação para mim é puro sensacionalismo.

    Se há um grande risco para os ciclistas nesta via, muito maior é o perigo para os peões que circulam nos passeios das rodovias e circulares desta cidade...

    Não se esqueçam também que é permitido por lei que os velocipedes sem motor circulem na própria faixa de rodagem!

    ResponderEliminar
  4. que mau exemplo do "nosso" presidente...o capacete??? ai...ai...ai...:)
    ontem vi esse acidente, como será que puseram assim o carro? impressionante...

    ResponderEliminar
  5. Eu pensava que já tinha visto tudo até ver um porco a andar de bicicleta....

    ResponderEliminar
  6. De facto, mas apesar das características das suas patas também conseguem usar teclados de computador. Ah! E fazer comentários pouco civilizados em blogs, mas isso é normal. São porcos...

    ResponderEliminar
  7. Só gostava de saber como é que alguém, no seu perfeito juízo, consegue chamar àquela aberração uma ciclovia. O nome daquilo deveria ser:
    "estrada da morte, apertada, remendada e emparedada". Guardem os vossos filhos, não os deixem circular por lá, quer seja a pé ou de bicicleta.

    ResponderEliminar
  8. Alguém já viu a ciclo via de Aveiro (essa foi dada como bom exemplo), aquilo é só uma linha pintada no chão em plena faixa de rodagem…Já viram a marginal de Vila do Conde, tem uma zona para bicicletas sem nenhum tipo de protecção dos automóveis nem das pessoas que lá se passeiam….
    Acho um pouco exagerado este tipo de critica cega… Sejam mais construtivos e menos limitados pela crítica fácil!!!

    ResponderEliminar
  9. Eu, sinceramente, acho a marginal de Vila do Conde o máximo!
    Só lhe falta umas sombras aqui e ali, para a malta descansar sem levar com o sol de verão na tola...

    ResponderEliminar
  10. Vejam a ciclovia da Marinha Grande e reparem que não é fácil pensar e executar uma ciclovia como deve ser. Falo com conhecimento de causa.

    ResponderEliminar
  11. Se vamos falar de bons exemplos existe um que é o melhor de todos e que usufrui de características únicas estou a falar da eco pista do rio Minho que vai de Valença até monção. Aqui em Braga será que se podia fazer alguma coisa parecida? Talvez sim ... talvez aproveitar a zona do rio Cávado. Agora por favor a nossa ciclovia é uma aberração.

    ResponderEliminar
  12. o mesquita enganou-se...

    ResponderEliminar
  13. Magnífico engenho do homem, estrondoso avanço do conhecimento, benfeitoria para as populaçoes, sol do conhecimento; estou a falar dos pensamentos que levaram à construção por esses pseudoengenheiros do trilho para bicicletas e quejandos ao qual chamam ciclovia.

    Toninho Regadas

    ResponderEliminar
  14. A noção de limite não é apenas dada e apreendida por limites físicos. Existem outras variantes.

    O problema aqui é a velocidade a que os automóveis circulam (devido às características da via: dimensão/piso, etc) vs a convivência com uma ciclovia não pensada em papel, não projectada.

    E que venham de lá as Butes que mal não fazem.

    Eu só queria era tentar fazer a Rodovia numa delas...

    ResponderEliminar
  15. Assim também eu....
    A descer todos os santos ajudam....

    ResponderEliminar
  16. «ontem vi esse acidente, como será que puseram assim o carro? impressionante...»

    Deve ter tentado "cortar" a rotunda...

    ResponderEliminar
  17. Espero que não tenha sido a desviar-se de uma espécie de cicloturista

    ResponderEliminar
  18. Acho muito curiosos todos estes comentários anteriores...e é logico que dei por mim a rir! Uns pela falta de respeito para com o edil, outros pela falta de bom senso. Acharam V.as Ex.as que, se por ventura, um dia choverem canivetes em Braga, o edil também será o autor de tal vil acontecimento?!
    É que segundo noticias locais, o carro ter-se-á despistado uma vez que o condutor teria pezito de chumbo...excesso de velocidade também é culpa do MM?! Não me constou que nesse dia tenha tido algum acidente!
    Bem hajam e haja muito bom senso. E, perdoem o que lhes digo, mas os comentários poderiam ser um pouco mais respeitadores, mesmo que tenham o intuito de criticar (seja quem for ou o que for)

    ResponderEliminar
  19. Acho muito curiosos todos estes comentários anteriores...e é logico que dei por mim a rir! Uns pela falta de respeito para com o edil, outros pela falta de bom senso. Acharam V.as Ex.as que, se por ventura, um dia choverem canivetes em Braga, o edil também será o autor de tal vil acontecimento?!
    É que segundo noticias locais, o carro ter-se-á despistado uma vez que o condutor teria pezito de chumbo...excesso de velocidade também é culpa do MM?! Não me constou que nesse dia tenha tido algum acidente!
    Bem hajam e haja muito bom senso. E, perdoem o que lhes digo, mas os comentários poderiam ser um pouco mais respeitadores, mesmo que tenham o intuito de criticar (seja quem for ou o que for)

    ResponderEliminar
  20. Caro anónimo:
    Pelos vistos, o Sr prece ser um defensor incondicional do nosso edil, o que é lógico e natural em democracia. No entanto, eu acho que o Edil MM só será merecedor do respeito por parte dos muncícipes, quando ele próprio os respeitar.Veja a vergonha que se passa nas reuniões de Camara e nas Assembleias Municipais, onde os cidadãos são desprezados e tratados abaixo de cão.
    Acha isto natuarl e democrático? talvez aos olhos de MM o seja.
    Acha correcto o Edil MM apresentar projecto de obras de braga em primeira numa conferencia de imprensa logo após uma reunião da Câmara onde negou à oposição todas as informações acerca da mesma?
    O Sr. anónimo acha correcto decidir investimentos sem ter pelo menos uma estimativa dos custos?
    Haja decoro e respeito, não acha?
    Ou será que o Sr é pago para escrever debaixo da covarde capa do anonimato?
    Ficar-lhe-ia muito bem mostrar a cara e essa testa de ferro.

    ResponderEliminar
  21. Caro Raul,
    acho que faço parte daqueles que não necessita de ser paga pelo Edil em questão dado que apenas comentei as fotos apresentadas, embora não me importasse. (Ok, a ideia foi optima, vou á Câmara na segunda ver se pega o que me diz) Já agora, tiro a máscara a pedido de V.a Ex.a, dado que qualquer anónimo pode dar a sua opinião, desde que haja decoro, claro está. É pena que não tenha tido decoro quando fugiu ao assunto do que se está a comentar...
    Bem haja, caro corajoso são os votos desta "cobarde"

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores