Braga no Verão: "Três em Linha" à espera do Inferno

| Partilhar
No regresso da sua programação regular, o Theatro Circo apresenta Burla, o Festival do Burlesco. «Marcando o relançamento da actividade cultural pós-férias, o festival vai juntar o ‘glamour’ e a sensualidade das ‘pin-up’ do ‘The Glam-O-Rama Girly Show’ com o humor do excêntrico Tomás Kubinek, o estilo inesperado das versáteis Vermillion Lies e o misticismo e magia do Lucent Dossier Vaudeville Cirque. [correio da manhã]».

No entretanto, a Velha-a-Branca, o Museu Nogueira da Silva e a Livraria Centésima Página não foram de férias e inauguram hoje, em simultâneo, três exposições de arte, numa parceira denominada "Três em Linha". A visitar.

Noutro domínio, o blog Georden anuncia que vêm aí o inferno, a própósito da construção dos novos centros comerciais na cidade de Braga: «Quem conhece um pouco da Europa sabe que os espaços comerciais de grande dimensão estão em regressão e, em alguns países (com tradição de grandes armazéns), sempre tiveram uma expressão proporcional à população e dimensão em questão. Todavia, mesmo nestes, a localização “tradicional” do centro comercial respeitava uma geografia definida, sita normalmente em nós de saída para vias principais, em áreas, de cariz suburbano (pelo menos). Em Braga, Portugal (não é África), nada disto foi sequer considerado (grande parte das decisões urbanísticas são tomadas em jantaradas), previsto, ou, à falta de melhor, “temperado”, aproveitando a história da cidade e os seus eixos normais de crescimento. Fez-se, em muitos casos, tábua rasa e começou-se do zero. Com consequências. O arrojo do “moderno”, outrora ainda travestido de ideal de “desenvolvimento” revela-se agora despido de preconceitos, e avança inexoravelmente para a betonização total da cidade.» De facto, há outras coisas que não se compreendem na saga das novas superfícies comerciais bracarenses: 1) a construção do Braga Retail Center junto a uma zona de alta densidade de construção e de grande quantidade de tráfego viário; 2) a concentração dos novos centros na zona Norte da cidade; 3) o abandono do centro da cidade, acentuado com a sangria das chamadas lojas-âncora que se concentram nos centros comerciais periféricos.

Por seu turno, a ABRA está a promover uma campanha de adopção de animais nos dias 4 e 5 de Agosto, na Rua do Castelo, em Braga. Conferir mais informações aqui.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. acho que é a primeira vez que vejo aqui propostas culturais(apenas venho ca á uns 3/4 meses) ,apenas uma coisa a dizer : Muito bem!há tantas (diariamente e de valor) principalmente no Thetro Circo e na Velha-a-branca e que nunca merecem destaque neste blog,apenas se critica a ausencia de espetaculos em Agosto , a escolha de nomes,a utilização do TC ,a reprovação da camara em relação a muitos assuntos culturais,etc,etc,etc,etc,etc,etc...porque não dar valor aos grandes espetaculos ,que , por sinal ,até abundam em Braga(pelo menos ultimamente)?
    ...para repetir.

    ResponderEliminar
  3. Caro Vamp,

    Obrigado pelo comentário. Não foi a primeira vez que coloquei sugestões culturais neste blog.

    De qualquer modo, o objectivo deste espaço não é unicamente a divulgação do que sucede na cidade, mas tambem a criação de um espaço de reflexão e debate sobre Braga e o Minho.

    ResponderEliminar
  4. Aceito.apenas acho que devias dar um pouco mais de destaque a estas iniciativas,fazer também uma especie de critica ,neste caso positiva/construtiva,proporcionando assim ,também ,um debate, até porque normalmente mostras grande atenção,visão e opurtonismo na detecção dos varios problemas da cidade e normalmente nem há debeate possivel,pois todos concordamos,daí eu comentar ,quase exclusivamente , os temas em que não concordo com a tua opinião.
    um abraço

    ResponderEliminar
  5. Caro Vamp,

    A ideia é mesmo essa. Agradeço que o faças porque algumas vezes acabo por alterar alguns pontos da minha opinião.

    Abraço

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores