Novas Soluções para o Comboio de Velocidade Elevada

| Partilhar
A Junta Metropolitana do Porto (JMP) quer, com justificadas razões, que o TGV páre no Areoporto Sá Carneiro antes de seguir para Braga. Rui Rio sintetiza a posição da JMP, afirmando que «Se nós construirmos uma linha de TGV que sirva Vigo e Lisboa e não sirva o aeroporto Francisco Sá Carneiro, nós pura e simplesmente estamos a construir uma linha de TGV para servir a Galiza»

Na mesma notícia pode ler-se que a secretária de Estado dos Transportes disse, num debate sobre o TGV, que a linha vai ter uma paragem no Aeroporto Sá Carneiro. As opções para a ligação são duas. A primeira visa aproveitar uma parte da linha do Minho e a segunda levanta a hipótese de fazer-se uma linha nova que ligue o aeroporto a Braga.

Apesar de requerer um maior investimento imediato, a segunda opção é a que serve melhor os interesses do país, permitindo descongestionar a actual Linha de Braga para criar ligações directas do Porto e de Braga para Viana do Castelo e Barcelos. De qualquer modo, será necessário fazer estudos prospectivos sobre o congestionamento da actual linha de Braga, caso se opte por fazer circular o TGV na mesma via. Não vá o barato sair caro.

5 comentários:

  1. Concordo em absoluto. Ainda assim espero que a discussão não resulte numa indefinição que atrase o projecto.
    Neste momento, preferiria que o projecto fosse para o terreno tão rápido quanto possivel, por forma a evitar algum volte-face de última hora.

    ResponderEliminar
  2. Degolador, estou convencido de que a ligação Porto - Vigo será a última fase... por isso ainda vai demorar uns bons tempos.

    ResponderEliminar
  3. Segundo rezam as escrituras, a construção deverá avançar em 2009, ou seja, daqui apenas a 2 anos.

    Não tenho a minima dúvida que, após a conclusão do troço construido de raiz (Braga-Vigo) o lobby portuense depressa tornará inevitável a construção do troço Braga-ASC.

    No imediato, com o dealbar de uma nova ideia que afasta o traçado da linha do centro nevrálgico do Minho (linha litoral), acho muito mais importante consumar a opção ramal de Braga + Braga-Vigo para, posteriormente (e com o apoio do lobby portuense) construir a ligação ao ASC.

    Relembro que esse lobby não está interessado nas aspirações minhotas (o que é perfeitamente legítimo, sublinhe-se), apenas quer uma ligação à Galiza e, se possivel, com paragem no ASC.

    Lembrem-se que "mais vale ter mau hálito do q não ter hálito nenhum".

    ResponderEliminar
  4. Isto não faz sentido, o aeroporto Sa Carneiro ja está muito bem servido a partir de Campanha, e como esta vai ser a futura estação do comboio Alta Velocidade não faz sentido o comboio parar em Campanha e no Aeroporto, mal da pa arrancar.

    Se o comboio para no Aeroporto, aí sim as pretenções do minho vão ao ar porque o comboio não vai parar 3 vezes em tão curto espaço.

    E só mais uma coisa, a linha de Braga não está nada congestionada, quanto muito ta bem preenchida de Campanha à Trofa agora a linha em si ainda tem muito para dar, a linha do norte sim, entre aveiro e porto, tem muito trafego!!

    ResponderEliminar
  5. Aspiração minhota. Talvez queiras dizer aspirações bracarenses.Vá lá, por uma vez sejam honestos.Afinal não custa nada dizer a verdade.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores