Braga e os Cuidados Paliativos

| Partilhar
As Autárquicas 2009 já estão em marcha no concelho de Braga. Ricardo Rio e a coligação "Juntos por Braga" avançaram com uma enorme campanha de charme (e outdoors) junto da opinião pública, lembrando que "Já só faltam 2 anos" [para as eleições, entenda-se]. Simultaneamente, surgiu o blog Geração Braga 2009 que junta vários jovens apoiantes da candidatura de Ricardo Rio e pretende desbravar caminho para a mudança. Surgiu também o blog Se eu fosse Presidente..., de autores anónimos, mas que tem sido conotado com a coligação "Juntos por Braga".
.
Do outro lado da barricada, os candidatos à sucessão de Mesquita Machado (caso este não se venha a recandidatar) vão-se posicionando. Vitor Sousa poderá estar em ligeira vantagem relativamente a nomes como Nuno Alpoím ou António Braga. De qualquer modo, a última palavra caberá sempre a Mesquita Machado.
.
Perante a ofensiva de marketing da coligação, o presidente da Câmara poderia ter optado, como é costume em vésperas de eleições, por colocar outdoors de propaganda à obra feita, ao bom estilo de Castro. Desta vez, poupou os nossos impostos a tamanho abuso e escusou-se responder, encarregando os miúdos da filial JS-Braga de dar réplica à pré-campanha da coligação.
.
A resposta veio em forma de receituário. Desde logo, há que saúdar a JS-Braga pelo realismo com que interpretou o estado de espírito de todos os bracarenses sempre que se deparam com o caos urbanístico em que deixaram a cidade transformar-se, com as ciclovias mal planeadas, com as perigosas rodovias, com a desertificação do centro histórico, com a incapacidade de candidatar as jóias da cidade a Património da Humanidade, com a perversa desorganização da sinalética, com o inacreditável pavimento de algumas ruas, com o estado de coma cultural da cidade ou com os sucessivos erros de planeamento urbano. Incapazes de corrigir estes (seus) erros, oferecem-nos pílulas, remédios e mezinhas contra a ansiedade que eles mesmos criaram.
.
Por outro lado, há ali uma certa introspecção/confissão. Imagino-os deitados no divã, agonizando perante a evidência de que a hegemonia socialista em Braga está próxima do fim. O PS-Braga deixou de ter projectos próprios, passando a viver em função da agenda da oposição. A sua mensagem política não será jamias afirmada pela positiva, sendo agora expressa pelo "CONTRA". O que é evidente é que este executivo não tem, assumidamente, nada para oferecer ao bracarenses que não sejam cuidados paliativos.

12 comentários:

  1. Que grande texto.
    Isto merecia ser encaixilhado e colocado nas paredes da Câmara de Braga. É uma análise acertadíssima da realidade política bracarense.

    Parabéns.

    ResponderEliminar
  2. Até ver, os cartazes mais infelizes dos últimos tempos, cá em Braga, são os da jsd. :)

    Mas não sei, não estarás a sobrevalorizar a guerra de cartazes? Espero bem não ter de aturar uma pré-campanha com 2 anos de duração... Aliás... o tal cartaz do PSD-Braga que referes é similar ao do PSD-Nacional, que diz que o país não tem rumo. Faz uma afirmação genérica e fica-se por aí. No caso do PSD-Nacional nunca chegaram a apresentar o tal rumo alternativo (enfim, com a cowboyada dentro do partido, não é de censurar)... no caso do PSD-Braga.. é só um cartaz e sim, faltam 2 anos. E sim o cartaz da JS é parvo, faltam 2 anos.

    ResponderEliminar
  3. Gostei dessa dos "cuidados paliativos"!

    ResponderEliminar
  4. Uma coisa é certa, o cartaz da JS está original e tem piada!

    ResponderEliminar
  5. Por mim acabava com todos esses jotinhas e juventudes partidárias.
    O nível geral é muito mas muito mau
    No entanto a análise está certa.

    O vígaro que está há 30 anos a roubar a cidade já conseguiu com que muitos tenham que se medicar para aguentar o estado das coisas...

    O melhor é desistir de Braga...mesmo que o vígaro saia o polvo já está montado...

    ResponderEliminar
  6. Parabéns pelo texto.
    Na verdade, a JS já nos habituou a campanhas sem qualquer conteúdo político, mas bastantes premonitórios. O primeiro, por alturas da campanha de 2005, dizia "hoje por Braga, amanha por ti". E não é que seis meses após eleições de 2005, estava o filho do presidente e o afilhado da vereadora a concorrem a um concurso público da CM Braga que de público nada teve!
    O segundo, este dos medicamentos, alerta as farmácias para a necessidade de em 2009 estarem lotadas de Kompensan...
    A propósito, não conheço nenhum sítio no país, onde se faça oposição como em Braga. Parabéns ao Dr. Ricardo Rio e à sua esquipa!

    ResponderEliminar
  7. Espero mesmo que o reinado Socialista esteja a chegar ao fim. Podem fazer as Bragas Romanas que quiserem, com o meu voto não contam mais.Já chega.

    Não votei em Ricardo Rio, nas últimas, espero votar nas próximas, parece-me bem.

    Zé Pedro

    ResponderEliminar
  8. Posso dizer antes de mais que sou socialista e militante da Juventude Socialista. No entanto não sou burro e sei ver que começou a debandada no PS. É um partido cada vez mais sem rumo e que tem medo à renovação. Vejo o meu pobre partido subjugado a interesses de alguns que sabemos muito bem quem são. Em relação ao cartaz da minha JS, acho que é claramente uma resposta à oposição feita pelo PSD e pelo seu líder Ricardo Rio.No entanto, apesar de achar que foi uma ideia bem conseguida por parte da JS, penso que esta tambem caminha para o abismo, e caso pessoas como o meu ilustre camarada Pedro Sousa continuem na JS, não lhe auguro grande futuro.

    ResponderEliminar
  9. Mas alguem liga à resposta da J.S. e dos responsáveis pela campanha da ansiedade... só demonstra a enorme preocupaçao deles, porque vêem o tapete a fugir, caso contrário nem se davam ao trabalho, como era feito até à pcos anos atrás, nao sou socialista como o comentador anterior, também não tenho um partido definido, já votei no cds, no psd, e no p.s. até para a camara ja votei infelizmente, ps, mas em braga espero mmo que mude, por isso nas proximas eleiçoes o meu voto vai direitinho para o Sr. Rio, e espero que os desiludidos façam o mesmo , como o amigo do comentário anterior

    ResponderEliminar
  10. Isto é tudo uma cowboyada. Imaginem que nos concursos para funcionários da Câmara exigem 3 condições:
    - militante do PS
    - Sócio so SCBraga
    - Assinante do Correio do Minho

    ResponderEliminar
  11. Já repararam que a delapidação do património romano atingiu tal situação, que para realizarem as festas romanas em honra de "Mesquitus curruptus" têm que alugar romanos em Espanha?

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores