Morte definitiva

| Partilhar

.
A Bracalândia de Braga morreu.
Penafiel, no vale do Sousa, é a terra escolhida para receber o maior parque de diversões do país e um dos símbolos da Braga do pós-25 de Abril.
Mais uma enorme derrota para a cidade de Braga e para a região do Minho, às mãos da prepotência, inabilidade e incompetência do executivo de Mesquita Machado.

24 comentários:

  1. A morte lenta da cidade continua. Um lugar que trazia dinheiro, empregos e arejamento vai dar lugar a, deixem-me adivinhar, mais prédios.
    O que me espanta é que não há pessoas para comprar os prédios! Porque será que os construtores bracarenses continuam a construir? Será para esconder qualquer coisa mais? Ooops, já falei de mais...

    ResponderEliminar
  2. Numa entrevista, o Mesquita disse que havia mais empresas interessadas em instalar parque de diversões na cidade.
    Até gostava de saber quais eram! Mas para mim aquilo saiu da boca para fora, ou não!

    Sempre tive a ideia que a Bracalândia ia para Amares, mas afinal... vai para um território que nada tem a ver com Braga. Será que vão continuar com o mesmo nome? Espero bem que não, está fora do contexto.

    ResponderEliminar
  3. vamos correr com o Mesquita e DEPRESSA!

    ResponderEliminar
  4. De facto, é lamentável...
    É o maior parque de diversões do país e um dos grandes símbolos da cidade bracarense.

    ResponderEliminar
  5. O espaço da Bracalândia não vai ser utilizado para o futuro centro ibérico de nanotecnologia?

    ResponderEliminar
  6. É de lamentar mesmo! A Bracalândia era das poucas coisas que eu conhecia em Braga, e estava muito bem onde e como estava!
    Há governantes para tudo... Enfim...

    ResponderEliminar
  7. Fogo, desta é que eu não estava nada à espera.
    De Braga para Penafiel?! Por amor de Deus! Agora, também espero que não fique com o mesmo nome... Penafiel não tem nada a ver com Braga...
    Decisão absurda!

    ResponderEliminar
  8. Parece-me vantajosa a localização em Penafiel. Assim, vai-se lá com a patroa e a canalha e, na volta, vai-se ao IKEA a Paços de Ferreira...

    ResponderEliminar
  9. Caro João Miranda,

    Já é certo que o III (Instituto Iberico de Investigação - em Nanotecnologia) ficará sedeado nos actuais terrenos da Bracalândia... O que não se sabe é se não nasceram também uns prédios por ali.

    ResponderEliminar
  10. É muito mais importante instalar um Centro Ibérico de Nanotecnologia do que ter um parque de diversões que só está aberto em certas alturas do ano, e que não traz nada de novo à cidade (apenas lucros à Bragaparques, empresa que toda a gente sabe do que é capaz). É esse centro que vai trazer riqueza (não só monetária, mas de conhecimentos, e isso é algo que não tem preço) à cidade. Cientistas de renome mundial vão estar em Braga para fazer as suas investigações nesse mesmo Centro, de modo que isso vai trazer uma importância nunca vista à cidade.

    Pensem bem e informem-se antes de criticar.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Laborat%C3%B3rio_Internacional_Ib%C3%A9rico_de_Nanotecnologia

    ResponderEliminar
  11. Caro geek,

    Sem dúvida que é muito mais importante ter um Insituto de Investigação (já o disse várias vezes) e, de qualquer modo, a Bracalândia nunca ficaria naqueles terrenos porque não tinha possibilidade de se expandir.

    O que se lamenta é que a autarquia de Braga não tenha consigo manter aquele parque de diversões no concelho que lhe deu nome e que a albergou durante 25 anos.

    É uma perda importante para Braga. E Mesquita Machado é o grande responsável.

    ResponderEliminar
  12. Não sou apoiante de Mesquita Machado, mas julgo que arranjar um terreno para um parque de diversões, neste concelho, não é algo muito fácil de se fazer. Gosto sempre de dar o benefício da dúvida, e de certeza que o edil não tem prazer nenhum em deixar fugir investimentos.

    ResponderEliminar
  13. Caro geek,

    Nem me passa pela cabeça que Mesquita Machado tenha deixado escapar de propósito este investimento da cidade... O que sucedeu é que não teve competência para o manter no concelho e isso terá muitos custos em termos de emprego e turismo na cidade.

    ResponderEliminar
  14. Bom, se teve competência ou não, não vou discutir, mas o número de empregados definitivos da Bracalândia não deve chegar a uma dezena (e não acredito que sejam despedidos, mas daquela empresa espera-se de tudo). A nível de emprego temporário, são algumas dezenas, e sinceramente para o que eles ganham... A nível de turismo será uma perda (não muito grande, porque Braga, felizmente, ainda tem muito para ver), disso não duvido.

    ResponderEliminar
  15. Sejam muitos ou poucos eram empregos e trabalhos temporários que permitiam às pessoas ganhar algum dinheiro.

    Não me parece que haja nada de positivo em perder a Bracalândia.

    ResponderEliminar
  16. Não é positivo, mas também não é nenhuma catástrofe, como algumas pessoas fazem crer. Por vezes não se pode ter tudo.. Lembrem-se que não foi para outro país (podia ter ido perfeitamente para a Galiza), apenas para outro concelho, de modo que a riqueza gerada vai continuar a estar cá dentro. Se o autarca de Penafiel conseguiu criar melhores condições é justo que a Bracalandia vá para lá. As coisas funcionam mesmo assim..

    ResponderEliminar
  17. Enquanto chorava esta perda, tratei logo de procurar alternativas para Braga. Dei um saltinho aqui à Espanha e destaco 3 parques de diversões:
    Terra Mitica (Benidorm): http://www.terramiticapark.com/en/index.htm?EN
    Parque Warner Madrid: http://www.warnerbrospark.com/
    PortAventura (Sul da Catalunha): http://www.portaventura.es/
    Qualquer um destes mete a Bracalândia num bolso. Em média estes parques ocupam 0,5km2.
    Importando um parque destes para Braga, onde seria a melhor localização?
    Para mim o melhor local é na ribeirinha do Cávado. Criava-se uma faixa pública (ciclovia, passeio pedonal e espaços verdes, +-25m) entre o rio e os terrenos privados, neste caso o park.
    Conjunto de terrenos disponíveis:
    1º Entre a ponte de Prado e Ruães.
    2º A par da variante de Prado, entre o aeródromo e o rio.
    3º Terrenos ribeirinhos do Cávado entre a zona industrial de Adaúfe e a praia fluvial da Adaúfe.
    Existem mais, mas pecam em acessibilidades.
    Que pensam da ideia?

    Senhor presidente da câmara, deixe de se olhar ao espelho e pentear a sua pêra com pente de ouro, e traga um parque de diversões de jeito para a nossa cidade, porque bem merecemos.

    ResponderEliminar
  18. Não partilho do pessimismo em torno deste assunto. As novas aplicações do terreno para a construção do centro ibérico e quiça de um centro ci~encia viva certamente trarão mais renome à cidade que o actual parque de diversões. obviamente lamento que não se tenha optado por reinstalar o parque noutro local da cidade, mas compreendo que seja difícil e deste modo pode ser que ajude o desenvolvimento de penafiel. a ver vamos

    ResponderEliminar
  19. Será que esta gente ainda não percebeu do que se está a falar???
    O centro ibérico pode tornar Braga numa cidade de referência MUNDIAL!!!
    E quanto a dar terrenos (que era o que os donos da Bracalândia queriam) a privados que dão trabalho a 20 pessoas três meses por ano e trazem cá uns quantos autocarros de espanhois que descarregam de manhã e voltam a carregar à tarde para voltar a casa, eu não concordo. Esses senhores (donos da Bracalândia) que ganhavam dinheiro com terrenos camarários nunca se preocuparam em criar programas que dessem a conhecer a ciadade aos seus visitantes, pois sempre olharam para o seu e só seu negócio

    ResponderEliminar
  20. Acho que se devia de fazer em braga um centro de diversões muito maior que a bracalandia...

    ResponderEliminar
  21. Grande mudança meus amigos...
    O que é Braga à beira de Penafiel???
    Um botãosinho...
    Penafiel é uma cidade com um grande número de habitantes, com uma cultura mais rica e uma história mais antiga.
    Além disso Braga não sustentava financeiramente o parque de diversões, ponto que se prevê ser completamente diferente em Penafiel.
    De todos estes argumentos penso que o mais forte é este; o segundo destrito mais concentrado populucionalmente é o Porto, Penafiel está a 20 km desta cidade, e Braga???
    Braga tem muito menos acessos... Esta é a verdade

    ResponderEliminar
  22. Pois bem, li isto e admito que nao me contive em comentar!

    Pois é, la que tenham ficado chateados por terem ficado sem a bracalandia fiquem mas alto la na hora de criticarem ou falarem de penafiel!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores