Técnicas de Horóscopo

| Partilhar

«Qualquer teoria dos signos assenta a sua credibilidade numa técnica tão primária, quanto, aparentemente, eficaz: apresentar o indíviduo com uma dúzia de qualidades, seguida de um defeito moderado e temperado, culminando a análise com uma grande qualidade que é invariavelmente descrita como um grande defeito. Por exemplo:

O nativo de "Sagitário" é generoso, audaz e dedicado.
É, por vezes, um pouco egoísta.
Mas o seu grande defeito é a lucidez.
Vê tudo antes dos outros, o que frequentemente lhe traz problemas.

O nativo de "Carneiro" é abenegado, solidário e sempre disponível.
É teimoso, quando julga ter razão.
O seu pior defeito é confiar demasiado nos outros, entregando-se a quem não o merece.

Não há quem não acredite nisto. Seja qual for o signo.
»

Funes, el Memorioso no Questão dos Universais

1 comentário:

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores