A Crise do Regime

| Partilhar
Manuel Alegre, que continua a ser socialista apesar do seu partido ter desistido de o ser, assina, no jornal Público, uma das mais realistas e convictas críticas ao governo de José Sócrates, recusando o papel de figurante no imenso drama trágico-cómico em que, uns e outros, transformaram este país.

Da delação de colegas de trabalho à perseguição de bloggers, do aluguer de velinhos para simular festas partidárias à contratação de crianças para propaganda governamental, do novo estatuto do jornalista à governamentalização das universidades, dos sucessivos aumentos de impostos às sempre adiadas reformas, os capítulos sucedem-se.

O regime está em doente e a descrença dos portugueses estende-se, justamente. a todos os partidos. Até quando?

8 comentários:

  1. Alegre critica o seu partido, aliás penso que o deputado para ser coerente deveria à muito ter abandonado o PS.

    Não percebo é a ligação que faz deste facto com a descrença a todos os outros partidos!!

    O 3º parágrafo não faz sentido no post.

    O Que é que o PCP ou o BE tem que ver com o "fascismo" do PS?

    ResponderEliminar
  2. Hoje, houve bailinho na SIC... Espero que não o tenha perdido!

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. "Da delação de colegas de trabalho à perseguição de bloggers, do aluguer de velinhos para simular festas partidárias à contratação de crianças para propaganda governamental, do novo estatuto do jornalista à governamentalização das universidades, dos sucessivos aumentos de impostos às sempre adiadas reformas, os capítulos sucedem-se."

    mesmo assim eles ganharam em lisboa..

    temos o que merecemos
    principalmente o norte, que beija o cu a estes mouros
    somos uma colonia, somos tratados como colonia, temos de emigrar pa nao morrer à fome.. e ainda queremos continuar anexados neste imperio mourolusitano

    ResponderEliminar
  5. eu por mim já emigrei e dou por braga um caso perdido. mas acredito em portugal.

    ResponderEliminar
  6. Caro José Manuel Faria,
    O terceiro parágrafo não está desaqueado porque, infelizmente, não saem da lógica partidária vigente em Portugal e que é uma das grandes causas da nossa desgraça.

    ResponderEliminar
  7. SÓ MESMO QUEM NÃO O CONHECE ACHA QUE ALEGRE É SOCIALISTA.

    ResponderEliminar
  8. o meu comentário em www.mesadaciencia.blogspot.com

    Bom apanhado Pedro!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores