Belenenses elimina Bragança

| 7 Comentários | Partilhar
O clube que está na Liga porque beneficiou de um inaceitável golpe de secretaria, eliminou o Bragança da Taça de Portugal com um golo mal anulado aos transmontanos. Curiosamente, já tinha sido com a ajuda do árbitro que os de Belém tinham ultrapassado o Odivelas.

De quem é a mão que sustenta o Belenenses?

Paulo Portas

| 2 Comentários | Partilhar
Mais tarde ou mais cedo, Paulo Portas vai candidatar-se à liderança do CDS-PP.
«Empurraram-me», dirá.

No caso de alguém estar interessado...

| 3 Comentários | Partilhar

Comprimento médio do pénis português é de 15,82 centímetros

Será num futuro longínquo. Não deixa de ser promissor.

| 0 Comentários | Partilhar
Extractos de alfarroba podem ser úteis no tratamento do cancro

Os extractos de alfarroba podem vir a ser utilizados no tratamento de doenças cancerígenas, potencialidade que está a ser investigada pela Universidade do Algarve (UALG) ao abrigo de uma parceria com o Parque Científico de Barcelona. A polpa, folhas e algumas partes da semente de alfarroba têm um potencial antioxidante muito elevado, semelhante ao do azeite e superior ao do vinho, o que leva os investigadores a acreditarem que os componentes do fruto podem ser úteis no combate aos radicais livres.

"Já conseguimos comprovar que os extractos de alfarroba inibem a proliferação de células cancerígenas", afirmou, sublinhando que estes são resultados preliminares e que não estão sequer publicados. A alfarrobeira contém substâncias que já são aproveitadas na composição de alguns fármacos utilizados no tratamento da SIDA, cancro e doenças cardiovasculares, embora de forma ainda incipiente.

Definição de Chantagem

| 1 Comentário | Partilhar
«Chantagem (Priberam) - s. f., extorsão de dinheiro a alguém sob a ameaça, no caso de nega, de revelações de factos escandalosos, verdadeiros ou falsos;

Exemplo de Chantagem - "Quero ver, no momento em que Portugal está a presidir à UE se Portugal terá interesse que o Parlamento da Madeira, acabado de eleger, denuncie as patifarias do Estado Central na comunidade internacional.", Alberto João Jardim, Expresso, 24 Fevereiro 2007»

Com a devida vénia, retirado do blog Filho do 25 de Abril

Salazar é Cool!

| 3 Comentários | Partilhar
Pedro Arroja prossegue a sua messiânica tarefa para demonstrar as virtudes do Estado Novo. É um facto que Portugal andava manco de uma elite capaz de elogiar o ditador sem falsos tiques do politicamente correcto. Ainda virá o tempo em que será cool envergar camisolas de Salazar.

Por mim, tudo bem.

(Re)Escrever a História tem sido uma prática comum.
Com os resultados que estão à vista de todos.

Da instrumentalização da RTP

| 0 Comentários | Partilhar
Vital Moreira diz que, no Prós e Contras de ontem, "Correia de Campos beneficiou da melhor sessão de esclarecimento que poderia ter a favor da sua reforma das urgências."

Disto não tenho qualquer dúvida. Correia de Campos pôde apresentar os seus argumentos sem qualquer contraditório. No programa da estação pública, as suas ideias surgiram como a única solução possível. Tudo foi ensaiado como se o Ministro aparecesse de surpresa. Tudo foi ensaiado como se a estratégina não estivesse planeada desde que o programa foi anunciado, ao jeito de um reality show.
A subtil governamentalização da RTP, de que o PSD hoje se queixa, insere-se na rigorosa política de marketing que José Sócrates impõe para proteger a imagem do seu governo. Ao controlar grande parte dos órgãos de comunicação nacional, o governo consegue manter o estado de graça e, sobretudo, descredibilizar a já de si muito frouxa oposição.

Aproveitamento político?

| 7 Comentários | Partilhar
As populações de Serzedelo (Guimarães) andam preocupadas porque dizem estar a haver um aumento da incidência de doenças neoplásicas naquela Freguesia. E culpam os postes de alta tensão. De facto, estão descritas relações entre a exposição prolongada a cabos de alta tensão e o surgimento de certos tipos de neoplasia.
A autoridade de saúde de Guimarães deverá, pois, empreender um estudo epidemiológico para esclarecer as dúvidas das populações.

Por outro lado, refere a notícia que o suposto aumento da incidência pode dever-se à "qualidade da água proveniente de furos artesianos para consumo doméstico, ainda em prática em muitas habitações da freguesia." Confesso que desconheço qualquer relação deste tipo. Não será mais um caso de aproveitamento político por parte do deputado comunista?

[impunidade]

| 1 Comentário | Partilhar
Os filhos dos líderes religiosos não praticam crimes

Os nossos parentes ainda mais próximos

| 4 Comentários | Partilhar
Segundo um estudo publicado na Current Biology, vários chimpanzés foram vistos a caçar com lanças de madeira, noticia a edição online do Público.

«Chimpanzés e humanos também ficaram um pouco mais próximos. Sabemos que as ferramentas fazem parte dos vários modos de vida dos chimpanzés, desde que, na década de 60, a primatóloga americana Jane Goodall descobriu, na Tanzânia, que usavam nervuras das folhas para apanhar térmitas. Sabemos que transmitem esses conhecimentos às gerações, por isso, tal como nós, são detentores de uma cultura material. Agora acabámos de descobrir que as armas de caça não são exclusivas da espécie humana. Estaremos a ver-nos ao espelho?»

Como explicar a popularidade de José Sócrates?

| 4 Comentários | Partilhar
«Ao desastre do referendo, Marques Mendes decidiu somar a responsabilidade política pela agonia crónica, progressiva e fatal da Câmara de Lisboa e ainda apadrinhar sem quaisquer qualificações a mais recente cartada de Alberto João Jardim.»

Marina Costa Lobo, no Diário de Notícias

O Remendo

| 3 Comentários | Partilhar
Sócrates chama a si processo do encerramento das urgências

Jornalismo de excrescência

| 35 Comentários | Partilhar
Segundo o Jornal A Bola (24/02/2007), 153.772 dos 170.858 habitantes do concelho de Braga são adeptos do Benfica.

Já se sabe que A Bola é o jornal oficial do Benfica, mas o ridículo tem limites.

Adenda: Só o saloio lisboeta pode achar que há tanto benfiquista em Braga e ignorar que a realidade se inverteu nos últimos anos. Nos jogos com o Benfica, o Estádio do Braga recebe muitos benfiquistas de Ponte de Lima, Vila Verde, Viana do Castelo, Famalicão, Barcelos, Guimarães, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Montalegre, Terras de Bouro, Amares, entre outros.
| 6 Comentários | Partilhar
"Vejam bem
Que não há só gaivotas em terra
Quando um homem se põe a pensar."


Zeca Afonso (1929-1987)

Salvador não cede

| 11 Comentários | Partilhar
O Sporting de Braga anunciou os preços dos bilhetes para a próxima partida do Braga na Taça UEFA. Os sócios com cadeira pagam 15€, os menores de 16 anos pagam 5€ e os restantes pagam 20€. Já para o público, os bilhetes serão vendidos ao preço único de 40€.

António Salvador volta a impor preços 4 vezes superiores aos praticados pelo Parma de Itália e prepara-se para voltar a ficar desiludido com os bracarenses. O que parece é que é mesmo isso que ele deseja.

Haja bom senso!

Portugal (sur)real

| 9 Comentários | Partilhar
Depois do fantástico apuramento do Spotirng de Braga, o Telejornal da RTP1 abriu com a notícia de que o mar está a ameaçar habitações em Esmoriz.

- O que fizeram quando se aperceberam que o mar estava a avançar?, pergunta a jornalista.
- Ligámos à TVI, responde uma popular, mas eles não vieram porque hoje estão em festa.

Enorme!

| 7 Comentários | Partilhar

Já lá estamos!
Parma 0 - 1 Braga

A arte da guerra

| 2 Comentários | Partilhar
Ao ler esta notíciaAutarca de Chaves acusado de ter interrompido negociações») só posso concluir que o Ministro da Saúde não quer negociar.

Inacreditável

| 13 Comentários | Partilhar
O Presidente da Liga Portuguesa de Futebol desejou boa sorte ao Porto e ao Benfica nas competições europeias. Nem dá para acreditar que o Senhor Loureiro se esqueceu da outra equipa portuguesa representada na Europa. A outra que, por acaso, foi a segunda que mais pontos deu a Portugal durante esta época. A outra que, por mérito, vai amanhã a Parma representar Portugal. A outra...

Senhor Loureiro, tenha decência e emende a gaffe, enquanto é tempo.

Depois das matenidades, as urgências

| 6 Comentários | Partilhar
Correia de Campos volta a enfrentar uma enorme vaga de descontentamento, desta vez, pela reestruturação dos serviços de urgência. Mas o Ministro da Saúde não aprendeu nada com os erros do passado: voltou a anunciar encerramentos sem apresentar alternativas concretas.
Não há política um política de saúde em Portugal. Não há rumo. Não há liderança. As medidas surgem avulsas e desconexas, quando não contraditórias. O que as une é simplesmente a ânsia de economizar uns trocos no imediato.

À Segunda-Feira, Correia de Campos anuncia o aumento dos numerus clausus dos cursos de saúde (já sobredimensionados) para colmatar a falta de profissionais nas regiões do interior. À Terça, anuncia a contração na contratação de funcionários para os serviços de saúde e à Quarta prepara o encerramento de unidades e serviços no interior. Em que ficamos, senhor Ministro?

A náusea

| 9 Comentários | Partilhar
Alberto João Jardim voltou a acenar com a bandeira do «colonialismo de Lisboa». Poucas coisas me causam tanta náusea como o uso e abuso dessa expressão por parte do Presidente do Governo Regional da Madeira.
Quando a ouço, perguntou-me em surdina: «Colonialista? Eu que até defendo a independência de Portugal relativamente à Madeira?»
Não há paciência.

Escândalo

| 7 Comentários | Partilhar
«É pouco vulgar, mas com equipas italianas está longe de ser um caso único. O Parma tinha anunciado a 19 Janeiro - mais precisamente às 16h53, no seu sítio oficial - o árbitro para o jogo da Taça UEFA em que receberia o Braga. A equipa portuguesa fez uma exposição à UEFA, pedindo esclarecimentos, mas esta desculpou-se com a fase conturbada gerada pela eleição de Michel Platini e nunca respondeu. Ontem, e mesmo ainda faltando mais de 48 horas para o jogo, o organismo que superintende o futebol europeu anunciou a equipa de arbitragem, composta pelos eslovacos Vladimir Hrinak (árbitro principal), Martin Balko e Marian Ruzbarsky (assistentes) e Vladimir Hracho (quarto árbitro). Exactamente os quatro nomes que o Parma escrevera, um mês antes, como estando nomeados para esta quinta-feira, pelas 20h45 locais, no Estádio Tardini. Todo o caso soa a escândalo, não só por subverter as regras que a própria UEFA impõe, de reserva na divulgação dos árbitros, como pela desvalorização completa do protesto apresentado pelo Braga. A verdade é que o clube português, que parte hoje ao início da tarde para Itália, preferiu ontem manter-se em silêncio, faltando saber se entretanto tomará alguma atitude. Que também poderá surgir da Federação Portuguesa de Futebol, a quem compete, num caso desta gravidade, proteger o seu representante.»

Do Jornal O JOGO

O que os números não mostram

| 8 Comentários | Partilhar
«António de Oliveira Salazar pode ter sido um bom economista, ter evitado a nossa entrada na 2ª guerra mundial, equilibrado as finanças públicas, e recusado a barbárie intolerável dos fascismos, deixando-se ficar por uma hipócrita autocracia ditatorial à portuguesa. Admito, mesmo, que se tem vivido noutro século da nossa História, talvez pairasse sobre ele um consenso universal, como sucede com Pombal e com muitos outros tiranetes que pululam pelos nossos embasbacados compêndios.
Sucede, porém, que António de Oliveira Salazar viveu e governou do século XX, e o país que nos deixou, ao fim de quarenta longos anos de poder pessoal absoluto, revelam-no como uma figura histórica menor, que não soube sair a tempo, nem encontrar soluções que viabilizassem, após o seu imenso reinado, o país.
Salazar não foi capaz de ler as lições do seu tempo, nem de interpretar devidamente a evolução do mundo em que viveu. Foi teimoso e persistente no erro. Não quis ouvir ninguém para além de si mesmo.
A História tratou de lhe negar razão, a ele que nem sequer cuidou, ao contrário de Franco, de encontrar um sistema que permitisse que o país sobrevivesse à sua morte. Não temos, por isso, grandes razões para lhe estarmos gratos.»

Rui, no Blasfémias

Rogério sai, Jorge Costa fica

| 10 Comentários | Partilhar


Algoritmo das especialidades médicas

| 7 Comentários | Partilhar


Segundo Boris Veysman, no BMJ.com

Os números, sempre os números

| 2 Comentários | Partilhar
Pedro Arroja (re)inventou, neste post, o milagre económico português do Estado Novo. Para tal, utiliza o valor do "rendimento médio por pessoa", mas fá-lo por comparação com a média dos 12 países que constituíam a União Europeia no momento da adesão portuguesa e não em valor absoluto. Análise parca para quem se arroja arroga economista. É, portanto, um elogio medícore (porque mal fundamentado) da política económica do Estado Novo. É pura pornografia política.

Estranho que Pedro Arroja não se embevedeça com os números do crescimento económico de Angola e da China. Mais estranho que, por uma questão de coerência, não defenda a importação desses modelos políticos para Portugal.

[perspectivas]

| 3 Comentários | Partilhar
Fotografia de Pedro Guimarães



Descobri este blog absolutamente fantástico. É de um fotógrafo bracarense. Recomendo uma visita.
Mas não pode ser uma visita qualquer. Saborear a arte que por ali pulula requer tempo.

Pornografia

| 6 Comentários | Partilhar


É favor não confundir desenvolvimento com crescimento económico.

Da coerência

| 6 Comentários | Partilhar
Em 1998 ninguém quis saber da abstenção (68,09%) nem dos eleitores que votaram Sim (48,70%): nem uma vírgula da lei foi alterada.
Porque é que agora não se há-de respeitar a vontade da maioria?

Nada de novo

| 5 Comentários | Partilhar
Alberto João Jardim vai falar aos madeirenses, muito provavelmente, para anunciar a sua demissão da Presidência do Governo Regional da Madeira. Pura estratégia política para capitalizar os votos do descontentamento face às justas medidas de diminuição do financiamento daquela Região Autónoma propostas pela nova Lei das Finanças Locais.

Alberto João Jardim será recandidato e vai ganhar.
Vai ganhar porque é a face mais visível do populismo que infecta o regionalismo/municipalismo português. Vai ganhar porque é a face mais visível do partidarismo clubístico do povo português. Vai ganhar porque até tem feito alguma obra, conseguindo retirar a Madeira do grupo das regiões mais pobres da Europa.

Visionário

| 5 Comentários | Partilhar

Cortesia do blog Anterozóide

Não confie no seu médico

| 2 Comentários | Partilhar
Médica obrigada a quebrar sigilo em caso de sida

«O sigilo médico vale o que vale. Estamos todos avisados. Não confie no seu médico.
Há uma regras básica da investigação policial em Portugal: deve seguir-se o procedimento que dê menos trabalho à polícia e que melhor demonstre o poder do estado sobre os cidadãos.»

João Miranda no Blasfémias

Liberais, mas pouco!

| 7 Comentários | Partilhar
O CDS-PP, partido que os liberais portugueses gostam de aplaudir, apoiou uma iniciativa do Bloco de Esquerda que pretendia a introdução de um regime de preços máximos na venda de medicamentos não sujeitos a receita médica. Hélder Amaral, deputado do CDS-PP, disse mesmo que "a liberalização do mercado é uma roleta russa".
Tudo isto surge no momento em que Hugo Chávez introduziu, na Venezuela, tabelas de preços máximos a praticar pelos supermercados na venda de produtos considerados essenciais. Qualquer semelhança entre a proposta do BE, apoiada por PCP e CDS-PP, e as medidas de Hugo Chávez não é pura coincidência.
O que dizem sobre isto os liberais portugueses? Seria mau demais ficarem calados.

CONTRA ATAQUE: Antevisão do Braga-Leiria

| 0 Comentários | Partilhar
«Este jogo é, sem dúvida alguma, um dos mais importantes desta 18ª jornada. De um lado e do outro, vão estar duas equipas cuja única ambição é vencer este desafio e cimentar a sua posição na classificação geral.
Qualquer perda de pontos nesta altura, pode significar uma grande descida na tabela classificativa, já que atrás da UDL e do Braga seguem um comboio de equipas que, naturalmente, também “piscam o olho” aos lugares europeus. Quem é que disse que o nosso campeonato não é competitivo?

O Braga, apesar de uma troca prematura de treinadores, continua a demonstrar argumentos e consistência suficientes para almejar os objectivos a que se propuseram (e habituaram os adeptos de futebol) no início da temporada. É uma equipa composta por jogadores de grande categoria que quererão rectificar o resultado da 1ª volta entre estas duas equipas. É que em caso de vitória da União de Leiria (como esperamos que aconteça), são os unionistas que ficam em vantagem sobre o Braga já que as duas equipas ficam empatadas com os mesmos pontos.

A UDL por seu lado, parece estar numa curva descendente do seu trajecto. A equipa não tem conseguido realizar boas exibições e o resultado de Aveiro só veio confirmar que o treinador Domingos Paciência precisa urgentemente de contrariar esta tendência. Para este jogo, poderá ser já possível ver Rossato e Eliézio a jogar, caso o treinador assim o entenda. De resto, são três as baixas confirmadas para este jogo, são elas: Sougou e Hugo Costa (ambos a recuperarem de lesões) e, também, Paulo Gomes que cumpre castigo.

Este UDL X Braga promete ser um grande jogo e nenhum unionista quererá perder a oportunidade de ver a sua equipa a consolidar uma posição europeia! Uma pequena ressalva ainda relativamente a este jogo, que se prende com a hora a que esta partida se disputa. Um jogo a um domingo à noite e em plena hora de jantar, não é concerteza o melhor convite que se pode fazer às famílias para se deslocarem ao estádio.»

Sandive, no blog União de Leiria.

Serviço Público

| 0 Comentários | Partilhar
Reboque da Polícia Municipal de Braga usado para serviço particular

(in)Coerências

| 5 Comentários | Partilhar
Não é raro lermos eloquentes editoriais dos jornais desportivos acerca dos "maus tratos" a que o desporto é sujeito em Portugal. Esses textos não são mais que palha para português comer: têm como objectivo galvanizar os leitores, criando a sensação de que o futebol é um sector decisivo da vida da pessoas e do desenvolvimento do país. Na realidade, os jornais desportivos não estão minimamente preocupados com o desporto, mas com o número de exemplares que vão vender no dia seguinte.
Os jornais "A Bola" e "Record" de hoje são exemplo disso. Ontem à noite, o Braga venceu o Parma (um histórico do futebol europeu!) e está em boas condições para fazer história e ultrapassar a eliminatória. Mas eles não quiseram saber do futebol. Fizeram manchetes da tristeza de Nélson pelos assobios e do drama de Nuno pelo desacerto nos golos. Deram destaque à conversinha lateral e sem interesse em deterimento do espectáculo desportivo.
Não surpreende que algum povo goste mais de saber do estado de espírito dos jogadores do Benfica do que do futebol propriamente dito. Mas aos responsáveis dos jornais desportivos exige-se mais critério, mais rigor e mais seriedade informativa.

Avenida Central em papel

| 8 Comentários | Partilhar


Este post do Avenida Central foi transcrito pelo Jornal Público, na sua edição de 15.02.2007.

[citação da noite]

| 2 Comentários | Partilhar
«Nueva era en Portugal. La victoria del sí está llena de significados políticos. El debate ha movilizado por primera vez a amplios grupos ciudadanos y ha sido ejemplarmente democrático y civilizado. La voz del Portugal laico y moderno se ha elevado sobre el silencio del país atrasado.»

Taça UEFA

| 7 Comentários | Partilhar

Enorme!

Braga 1 - 0 Parma

Inédito em Portugal

| 3 Comentários | Partilhar


A SIC leva hoje a cabo uma trasmissão inédita em Portugal: o jogo da noite, que vai opor o Sporting de Braga aos italianos do Parma vai ser transmitido através da Internet e para os telemóveis. É a primeira vez que os portugueses poderão assistir a um jogo através de 3 meios diferentes de difusão. Sporting de Braga e SIC associam assim o seu nome ao lançamento de um serviço tecnológico que promete.

Inteligência e loucura

| 2 Comentários | Partilhar
«It's a fine line separating intelligence and insanity. According to a new study, the same gene that makes you smarter also makes you more likely to go crazy.
The human brain is a pattern-making machine. We imagine causality and see intentionality everywhere.»

Intelligence and Insanity, por Jonah Lehrer (The Frontal Cortex)

Portagem ecológica

| 8 Comentários | Partilhar
O Parque Nacional da Peneda-Gerês vai cobrar 1,5 euros de portagem a todos os veículos motorizados que passarem pela Estrada da Mata da Albergaria, no coração do Gerês, durante os meses de Julho, Agosto e Setembro.

É a atitude certa. Há que proteger da poluição viária, os valiosos ecossistemas que subsistem naquela área. Esperemos que seja acompanhada da disponibilização de meios de transporte alternativos ecológicos (bicicletas ou cavalos) para quem quiser visitar aquela área prescindindo do veículo automóvel.

Era uma vez...

| 16 Comentários | Partilhar


Era uma vez um país que se dividiu em dois.
Um desses países chora a morte de 3 pessoas no descarrilamento da Linha do Tua. O outro sonha com o TGV.
Um desses países demora 1 hora e 40 minutos a percorrer 54 Km. O outro sonha em sumbergir essa linha com uma barragem.
Um desses países ainda é Portugal. O outro já é Europa.



Fotografia retirada do site ocomboio.net

Sejam transmontanos. Vençam!

| 8 Comentários | Partilhar

Quartos de Final da Taça de Portugal

Bragança vs Belenenses

Braga vs Varzim

Sporting vs Académica

Beira Mar vs Boavista

Por uma questão de coerência

| 6 Comentários | Partilhar
A televisão do Estado (RTPN) está a transmitir em directo a conferência de imprensa do Benfica, na antevisão da partida da Taça UEFA de amanhã.
Suponho que amanhã seguirá o mesmo critério e transmitirá em directo a conferência de imprensa do Braga.

Hilariante

| 4 Comentários | Partilhar
Achei hilariante a ideia veiculada no Prós & Contras de hoje: cada um dos 10.000 subscritores do habeas corpus de Torres Novas teria que pagar 480 euros de custas do processo.

Não seria uma medida desajustada. Muitos deles nem sabiam o que estavam a assinar, tendo sido emocionalmente manipulados pela comunicação social nacional.

[post da noite]

| 0 Comentários | Partilhar
"No dia anterior ao referendo um amigo relembrava-me a frase que compara as mentalidades espanhola e portuguesa: "Eles matam o touro na arena, nós nos bastidores". É sem dúvida uma frase certeira mas, talvez por ser antropólogo, tenho grandes pruridos em subscrever a ideia de carácter nacional. Na comparação entre Portugal e Espanha - cada vez mais útil e relevante - acho importante pensar em termos das relações entre os habitus e as estruturas sociais mas, sobretudo e para o que interessa aqui, em termos de tempo e modo da mudança. O tempo da mudança social em Portugal é mais lento, por assim dizer."

Post absolutamente imprescindível no blog OS TEMPOS QUE CORREM

Acordamos quase na mesma

| 16 Comentários | Partilhar
Desenganem-se os que pensavam que hoje acordaríamos num país diferente.
Embora pudessemos não ter uma noção tão exacta daquilo que somos, somos exactamente os mesmos que éramos no dia 10 de Fevereiro.

Escrevi aqui, no dia 28 de Janeiro, que o meu voto era "um voto sem certezas absolutas". Mantenho. Tenho a convicção de que, a partir de agora, será mais fácil responsabilizar as mulheres, reduzir a clandestinidade e criar mais justiça social. Veremos.
Para já, este referendo teve a virtude de juntar apoiantes do Sim e do Não na defesa do fim da punição e na promoção de políticas efectivas de educação sexual e planeamento familiar. Não quero crer que tenham sido declarações de intenção com propósitos eleitoralistas. Aguardo, portanto, a sua implementação sem mais demoras.

O acto eleitoral de ontem mostrou-nos, também, aquilo que já sabíamos: Portugal é um país de clivagens. Confirmaram-se as disparidades ideológicas Norte/Sul e Continente/Ilhas. Acentuaram-se as diferenças entre o voto rural e o voto urbano - diferenças que assumem uma espantosa expressão no Norte. O Sim venceu em praticamente todos os grandes centros urbanos do país, obtendo resultados muito surpreendentes em alguns dos principais bastiões do catolicismo. Braga é disso exemplo: numa cidade em que o catolicismo militante deu lugar à constituição do maior movimento regional em favor do Não, o Sim venceu com 53,1% dos votos.

Os portugueses demonstraram ontem que, pelo menos nesta matéria, separam bem as leis do Estado dos cânones da religião maioritária. Esta separação não seria tão evidente se o Não tivesse ganho, o que não significa que não existisse de facto. A vitória expressiva do Sim reforça a expresão dessa tendência. Foi mais um passo no caminho da laicidade.

Os portugueses também demonstraram que não gostam de referendos. Há sempre um desculpa para não ir votar, há sempre quem desculpe quem não vai votar e há sempre que use os que não vão votar para defender a sua causa. Em democracia, quem não vai votar prescindiu do direito de expressar a sua posição e, como tal, são os votos expressos os que contam. Mas não é pela abstenção que sou contra a ideia de referendo nacional.

A grande derrotada deste Referendo é a Igreja Católica. A hierarquia da Igreja assumiu uma posição clara e, para a defender, muitos dos seus ministros e agentes utilizaram argumentos muito questionáveis do ponto de vista moral e ético. Campanhas essas que nunca merceram qualquer reparo ou distanciamento da parte da hierarquia da Igreja. A Igreja apostou tudo: pôs a Rádio Renascença e as inúmeras publicações escritas que detém ao serviço da sua causa; multiplicou-se em movimentos cívicos; utilizou as homílias para difundir a sua posição política; organizou novenas e procissões. Mesmo assim, perdeu.
Mas desengane-se quem achar que, com este resultado, a Igreja deixa de ter uma influência preponderante na construção do pensamento de grande parte dos portugueses.
Uma nota de apreço para a postura do Cardeal Patriarca de Lisboa no momento do voto. Escusou-se fazer qualquer declaração, num sinal claro de que compreende o valor da democracia.

Marcelo Rebelo de Sousa, pela inconsistência do seu discurso, é outro dos grandes derrotados. A que pode juntar-se Marques Mendes: prometeu um PSD neutro, mas instrumentalizou o partido a defesa do Não. Espero que pague politicamente esta falta de seriedade.

No campo oposto, José Sócrates e Francisco Louçã venceram este Referendo. Mas ganharam também uma série de novos problemas. Depois de todo este aparato que foi iludindo os portugueses, José Sócrates terá que governar e, sobretudo, que mostrar resultados ao país. Terá também muitos problemas para compatibilizar o aborto no SNS com as sucessivas restrições orçamentais na saúde. Por outro lado, Franscisco Louçã terá que reinventar o Bloco de Esquerda, agora que uma das suas principais bandeiras está consumada.

Foi só um referendo sobre a despenalização do aborto.
Aos que pensavam que hoje seríamos um país muito melhor, tenho o (des)prazer de informar que estamos quase na mesma.

O que se diz lá fora...

| 9 Comentários | Partilhar
«During the day, clerics used their sermons at Sunday Mass in many parishes throughout this overwhelmingly Catholic country to remind parishioners of their duty to vote — and to vote no.»
.
«By setting out on the path to legalise abortion, Portugal treads where most western nations did 30 or 40 years ago. In the European Union, only Poland, Malta, and Ireland have similar bans - all of them, much like Portugal, strongly Catholic nations on the periphery of an increasingly secular continent. (...) The contrast could hardly be starker with neighbouring Spain, where soaring prosperity has fostered one the most socially liberal societies anywhere in the world.»
.
«When the ban is lifted, Portugal will join most European countries in allowing abortions and leave behind a small group of Malta, Ireland and Poland with strict anti-abortion laws
.
«Some 90% of Portuguese describe themselves as Roman Catholics, but that did not stop many rebelling against doctrine yesterday.»
.
«La Iglesia Católica portuguesa, cuya doctrina alimenta los principales movimientos cívicos a favor del no, espera también evitar lo que considera un retroceso moral en uno de los países europeos donde aún se siente con más fuerza su influencia.»
.
«Les partis de gauche et cinq mouvements de citoyens divers s'étaient prononcés en faveur du "oui", tandis que l'Eglise catholique s'était fortement impliquée en faveur de la "défense de la vie de la conception à la mort" et contre le "crime abominable" de l'avortement.
Certains de ses membres avaient menacé d'excommunication les électeurs qui voteraient "oui", d'autres avaient mis en garde contre la "malédiction" qui ne manquerait pas de s'abattre sur le Portugal s'il rejoignait "l'apostasie silencieuse" du reste de l'Europe et sa "culture de la mort".»
.
«Con la vittoria del 'si il Portogallo appare quindi comunque destinato ad uscire dal piccolo drappello di paesi - come Polonia, Irlanda e Malta - che mantengono una legislazione restrittiva in materia.»

Resultados finais

| 1 Comentário | Partilhar
Sim: 2.238.053 (59,25%)

Não: 1.539.078 (40,75%)

Era o bastião do Não...

| 2 Comentários | Partilhar

Sem comentários.

| 13 Comentários | Partilhar
A campanha do Não acabou como começou. Na histeria.

Sim!

| 5 Comentários | Partilhar
E venceu o Sim...

Numa primeira análise dos resultados há alguns aspectos que importa relevar:

1. A participação dos portugueses aumentou significativamente. O aumento não foi suficiente para que se possa falar de um referendo juridicamente vinculativo.

2. O resultado do referendo, pela sua expressão, é inequívoco e politicamente vinculativo.

3. Os resultados evidenciam uma enorme clivagem entre o voto rural e o voto urbano. Clivagem superior às diferenças entre Norte e Sul do País. Podemos, mesmo, falar da existência de 2 países dentro de Portugal.

A variável metereológica...

| 4 Comentários | Partilhar
«Há oito anos foi o "bom tempo" que distraiu os eleitores das assembleias de voto. Hoje, será o "mau tempo"?!...»
Retirado do blog abnoxio

Campanha em dia de Referendo

| 0 Comentários | Partilhar
Diácono de Bragança apela implicitamente ao "Não"

«Os crentes que assistiram à missa, na maioria idosos, declararam aos jornalistas que o entendimento que tiveram da mensagem do diácono foi um apelo ao "Não".»

Os resistentes

| 18 Comentários | Partilhar


O Sporting Clube de Braga é o único clube português que se mantém nas 3 frentes competitivas (Liga, Taça de Portugal e Taça UEFA).
SOMOS ÚNICOS!

Não houve surpresa

| 4 Comentários | Partilhar
Na Póvoa, mais do mesmo!

O lápis azul (versão 2007)

| 0 Comentários | Partilhar
Por uma questão de lisura, por Júlio Machado Vaz

O Amor é... um programa censurado

Júlio Machado Vaz considera que está a ser alvo de censura

PS apresenta queixa na CNE

Referendo: PS apresenta na CNE queixa contra RDP, RTP e IOL

PS apresenta na CNE queixa contra critérios da RDP, RTP e portal IOL

Web 2.0... The machine is Us/ing Us

| 1 Comentário | Partilhar

Chocante

| 3 Comentários | Partilhar


Uma execução nas ruas da Cisjordânia.
No entretanto, prosseguimos as nossas vidas como se isto fosse um mero detalhe.

Tomba-gigantes!

| 8 Comentários | Partilhar


Grupo Desportivo de Bragança elimina Naval 1º de Maio na Figueira da Foz.

Boas notícias

| 3 Comentários | Partilhar
L'Italie ignore le Vatican et reconnaît les couples homosexuels

À semelhança do que houvera feito em Espanha, Bento XVI abriu guerra contra as instituições democráticas italianas. Mas, tal como em Espanha, perdeu.

"Dai a César o que é de César e a Deus o que é Deus".
Porque é que o Vaticano insiste em ignorar as palavras do fundador da sua religião?

Antena 1 censura programa de autor

| 1 Comentário | Partilhar
«A edição de ontem do programa de rádio "O amor é ...", da autoria de Júlio Machado Vaz e Ana Mesquita, não foi para o ar. Segundo a RDP a emissão comprometia a isenção da estação, argumento contestado pelos autores.»

É estranho que a RDP tenha censurado a opinião de Júlio Machado Vaz sobre o referendo à despenalização do aborto, quando a RTP (do mesmo grupo) permitiu que Marcelo Rebelo de Sousa fizesse sistematicamente campanha no seu programa.
Será que a RTP também já assumiu posição no Referendo?

A pouca-vergonha mora aqui tão perto

| 3 Comentários | Partilhar
52 presidentes de Junta do concelho de Braga assinaram um documento dando conta do desagrado pela forma como os vereadores da coligação "Juntos por Braga" apresentavam as suas propostas no Executivo municipal.

A democracia em Braga é uma anedota!
Os Presidentes da Junta estão a fazer o jogo do senhor Presidente da Câmara e oposição à oposição.
Haja vergonha!

Inovação

| 10 Comentários | Partilhar

Cientistas dizem conseguir ler a intenção de uma pessoa

Um grupo de cientistas britânicos e alemães afirma que conseguiu ler, pela primeira vez, a intenção de uma pessoa, através da análise de padrões de actividade do cérebro em imagens de alta-resolução.

A notícia, que faz hoje capa do jornal britânico "Guardian", levanta questões éticas sobre a violação da privacidade, ameaçada pelas tecnologias.

A equipa do Instituto Max Planck de Ciências Neurocognitivas Humanas, na Alemanha; do University College de Londres; e da Universidade de Oxford, no Reino Unido, afirma que a técnica de neuroimagiologia que desenvolveram, através de ressonância magnética funcional, permite ler a intenção de uma pessoa num futuro próximo. O trabalho assenta noutras investigações que conseguiram, através de modernas técnicas de imagiologia, ler no nosso cérebro a mentira ou o comportamento violento, por exemplo.

"Conseguimos procurar no cérebro informação específica e ler intenções reais do indivídiuo que, sem estas imagens das profundezas do cérebro nunca conseguiríamos ler. As imagens que vimos são como que uma lanterna que nos deixa ler gravuras na parede de uma gruta escura", afirmou ao "Guardian" John Dylan Haynes, do Max Planck, coordenador do estudo.

A descoberta está a levantar um grande debate sobre a validade ética do uso destas novas tecnologias de neuroimagiologia e a criar o pânico de que cenários até hoje do campo da ficção, como o do filme de Steven Spielberg "Relatório Minoritário", se tornem numa realidade difícil de controlar: no filme, uma brigada "pré-crime" persegue o herói por um crime que ele ainda não cometeu mas que já se instalou na sua memória cognitiva.

"Estas técnicas estão a surgir a grande velocidade e precisamos de lançar um sério debate sobre a ética em torno destes procedimentos para que as potencialidades criadas não escapem do nosso controlo", afirmou o próprio autor do estudo ao "Guardian".

Ainda está frio...

| 4 Comentários | Partilhar



Aguardo-te, em pé.

Finalmente, reflexão.

| 6 Comentários | Partilhar
Qualquer que seja o resultado, dormirei descansado.



Pelo SIM ou pelo NÃO, estou em crer que todos temos alguns objectivos comuns:

1. Que haja menos abortos;
2. Que haja menos complicações de abortos;
3. Que haja menos sofrimento;
4. Que haja mais compreensão e menos punição.

Por tudo quanto fui escrevendo, acredito que a melhor forma de conseguir atingir estes objectivos é votar SIM. Veremos.




Pelo SIM ou pelo NÃO, estou em crer que todos temos alguns desejos comuns:

1. Que não haja ameaças divinas.
2. Que não haja apelos ao voto em dia de votar.
3. Que se respeite a vontade popular.

Por tudo quanto fui escrevendo, temo que estes desejos não se possam concretizar. Veremos.

A falta de seriedade do Não - VI

| 1 Comentário | Partilhar
Marques Mendes mentiu.
Afirmou que o PSD se iria manter neutro, mas os tempos de antena e a imagem do partido foram utilizados em defesa do Não.
Em política, a mentira paga-se caro: que esta mentira se pague depressa.

Ao contrário do que Mendes e Marcelo afirmam

| 0 Comentários | Partilhar
Consequências de um NÃO vinculativo

Em caso de vitória vinculativa do NÃO (50% dos eleitores votam, NÃO ganha com mais de 50% dos votos), o aborto não poderá ser despenalizado até à tomada de posse da próxima Assembleia da República ou até ao próximo referendo em que ganhe o SIM. Ou seja, não havereria despenalização pelo menos até Outubro ou Novembro de 2009. Após uma nova eleição a AR deixa de estar vinculada aos resultados da AR que promoveu o referendo. Até 2009 poderia ser aprovada uma nova lei menos penalizadora, mas qualquer tentativa de penalizar no papel e despenalizar na prática por via legislativa pode ser interpretada pelo Tribunal Constitucional como uma tentativa de contornar os resultados do referendo.

João Miranda no Blasfémias.

Os meus palpites

| 1 Comentário | Partilhar
Afluência às urnas: 42 a 52%

SIM: 49 a 54%
NÂO: 46 a 51%

Veremos.

A falta de seriedade do Não - V

| 6 Comentários | Partilhar
«Na Baixa do Porto, duas alunas de um colégio católico privado, devidamente fardadas, distribuem material de campanha do "Não". Não deverão ter mais de 12 anos de idade. Mas onde é que pára o bom senso?»

Falar Braguês

| 5 Comentários | Partilhar

«begueiro vocábulo insultuoso semelhante a "camelo". Literalmente, significa besta de carga, mas não é usado nesse sentido.»

Porventura o mais típico vocábulo bracarense.

Confira outros vocábulos no site Falar Braguês.

A falta de seriedade do Não - IV

| 3 Comentários | Partilhar


Via Arrastão.

Algo vai mal...

| 2 Comentários | Partilhar
A gripe já está em Inglaterra e ainda não entrámos em histeria colectiva.

A vida interior da célula

| 3 Comentários | Partilhar

Praças de Braga

| 4 Comentários | Partilhar
Escreve Fernando Madrinha no Expresso : "(...) A já célebre Bragaparques é a legítima proprietária de duas das praças mais emblemáticas da cidade de Braga, (...) que a câmara alienou por troca com 16% dos lugares de estacionamento subterrâneo que e a empresa lá construiu. (...) Retenham, porém, a vossa indignação munícipes ou visitantes de Braga, e agradeçam a Mesquita Machado: a Câmara, magnânima, salvaguardou o direito de passear nas praças. (...)"

Via Linha do Horizonte

Imaginação

| 0 Comentários | Partilhar


Suponho que seja precisa muita imaginação para fazer do BragaParque um local romântico.
Mas, por uma viagem a Veneza, compensa inventar uma história.

A tragédia venezuelana

| 1 Comentário | Partilhar
Hugo Chávez tem vindo a consolidar uma perigosa ditadura na Venezuela.
Depois de fazer aprovar uma lei que reforça os seus poderes, Chávez anuncia sem pejo que está em curso a revolução bolivariana e que a revolução não está desaramada.
A oposição bem tenta denunciar a ditadura que está em marcha.
Mas Chávez segue triunfante. À maneira dos «bons ditadores», vai dizendo que não há ditadura. E, no entretanto, anuncia novas privatizações.

A falta de seriedade do Não - III

| 3 Comentários | Partilhar
Os movimentos do Não sempre recusaram a ideia de terem clonado movimentos.
Será por isso que o "Minho com Vida" e o "Algarve pela Vida" têm cartazes com o mesmo slogan?

A falta de seriedade do Não - II

| 0 Comentários | Partilhar
A Plataforma Não Obrigada tem dito repetidamente que não quer a partidarização da campanha.
Será por isso que utiliza o tempo de antena do PPM?

A falta de seriedade do Não

| 15 Comentários | Partilhar
Os defensores do Não lembraram-se de vir dizer que, caso o Não vença, irão propor a despenalização do aborto na Assembleia da República.
Esta posição é de um oportunismo doentio e de uma tremenda falta de respeito pelo eleitorado. Se o Não vencer, teremos mais do mesmo e que ninguém caia na veleidade de alterar a lei nas costas do povo.

Mas a proposta dos auto-denominados defensores da vida é ainda mais ridícula se tivermos em conta que não passa da simples despenalização do aborto clandestino (já liberalizado!). O que se obtém ganhando o SIM é, contudo, bem mais interessante: despenaliza-se o aborto, desde que feito em condições de saúde, continuando a penalizar-se o aborto clandestino que tantas mulheres estropia.

Parece que vale tudo nesta campanha.
A única forma de despenalizar o aborto realizado até às 10 semanas em estabelecimento autorizado de saúde é votar SIM no próximo dia 11.

O Orgulho do Minho

| 11 Comentários | Partilhar
"Guimarães também está aqui!
Força Braga Sempre.
O Orgulho do Minho somos nós!"

Estranho, mas verdade.
Era este o conteúdo de uma faixa colocada no Municipal de Braga durante o jogo contra o Desportivo das Aves.

Lições de tolerância

| 0 Comentários | Partilhar

Manuel José pede desculpa aos adeptos egípcios

«Eu esqueci-me que naquele momento eu estava num país cujas tradições são um pouco diferentes que as do meu país.»

[pergunta dominical]

| 3 Comentários | Partilhar
Onde andavam os doutos membros "Minho com Vida" quando fecharam a maternidade de Barcelos?

Nem uma palavra.

Boas Causas

| 0 Comentários | Partilhar
Académicos portugueses assinam petição para acesso livre à literatura científica

Universidade do Minho integra jovens via web

O Cerco à Blogosfera

| 4 Comentários | Partilhar
«El Gobierno local de Cambados y O Grove (PP) se han dado una vuelta por los blogs de algunos de sus conciudadanos y no les ha gustado lo que ven.

De hecho, han procecido a llevar el contenido de dos blogs al Juzgado de instrucción correspondiente para que se estudie si lo publicado constituye falta o delito.

Los blogs
camba2.blogspot.com y ogrobe.blogspot.com son dos blogs bastante críticos con sus gobiernos locales. En ambos casos, los visitantes son libres de comentar lo que crean pertinente.

Además, en el blog de Cambados se incluyen fotomontajes protagonizados tanto por políticos como por trabajadores municipales, según se recoge en
La Voz de Galicia.

Mientras que en el blog de Cambados lo que ha molestado al Gobierno local han sido los fotomontajes, en el caso de O Grove lo que se ha remitido al Juzgado de intrucción ha sido el contenido de sus comentarios


Num momento em que o blog satírico Braga por um Canudo fechou portas (sabe-se lá porquê...), é notícia em Espanha a perseguição a dois blogs galegos por parte das autoridades locais de Cambados e O Grove. É o começo do cerco à blogosfera.

Há um aspecto relevante: até que ponto são os proprietários de um blog responsáveis pelo conteúdo dos seus comentários?

"Dissonância cognitiva"

| 2 Comentários | Partilhar
Segundo o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, dissonância pode ser entendida como "falta de harmonia, de proporção ou de congruência entre duas ou mais coisas". Já cognição é descrita como a "faculdade de conhecimento; percepção".
Ora, Campos e Cunha atribui declarações de Manuel Pinho a “dissonância cognitiva”. Dito de outro modo, o ex-Ministro das Finanças do Governo de José Sócrates acusa o Ministro da Economia do Governo de José Sócrates de falta de congruência na faculdade de conhecimento ou percepção.

O mandato do Ministro da Economia é um desastre chamado Manuel Pinho. A falta de congruência cognitiva e, tantas vezes, de inteligência política nem é o pior.
O mais grave é a conivência de José Sócrates com a verborreia incoerente e delirante do Ministro da Economia.

Opus Dei

| 0 Comentários | Partilhar
«É a generalizada ignorância do Sermão da Montanha que me faz antipatizar até ao fim com a Opus Dei.
Mesmo quando não são más pessoas, mesmo quando são boas pessoas, os seus membros não conhecem a humildade, nem o choro, nem a mansidão. Falam sempre como se fossem os detentores do monopólio da verdade, os guardiães da ética, os possuidores únicos da chave da salvação, os que têm direito ao céu.
A soberba é o seu pecado.
Rezam, fazem sacrifício, supliciam-se, guardam castidade, mas não são puros de coração, nem sentem fome nem sede de Justiça. Estão quase sempre do lado dos fortes e dos perseguidores. Nunca dos fracos e dos perseguidos.»

A dúvida

| 6 Comentários | Partilhar
Quem silenciou o Braga por um Canudo?

[blogstorm]

| 0 Comentários | Partilhar
Lembrei-me destas, por CAA

Fala o Engonhador..., por Vitor Pimenta

Jornalismo de causas, por Pedro C. Azevedo

Quem controla a Wikipédia, por Manuel Anastácio

CONTRA ATAQUE: Antevisão do Sporting de Braga-Desportivo das Aves

| 6 Comentários | Partilhar
«As esperanças de todos os avenses foram renovadas com as novas contratações. Paulo Sérgio foi o último a reforçar um plantel que precisava, sem dúvida, de ajustes. Talvez apartir de agora as coisas sejam diferentes... O Aves procura já no Domingo o regresso aos bons resultados fora de casa apesar de não pontuar fora de casa desde 17 de Setembro.

Vai ser um jogo muito difícil para o Aves, que não vai contar com Moreira, que vai estar longe dos relvados durante um mês, mas já conta com Diego Martins e Paulo Sérgio. O Braga tem uma equipa muito forte, mas surpresas são sempre bem-vindas! Pontuar é importantíssimo, na luta contra a despromoção e todas as oportunidades tem de ser aproveitadas!

Vai ser difícil, mas não impossível! FORÇA AVES»




***********

Inicia-se hoje a publicação da antevisão dos jogos do Sporting de Braga, feita por um blogger da equipa adversária.
Ao Zé Fernandes do Blog Desportivo das Aves, o meu muito obrigado pela colaboração com o Avenida Central.

Já não se pode dormir descansado

| 3 Comentários | Partilhar
Detectadas substâncias cancerígenas em pijamas de marcas à venda em Portugal

As autoridades alemãs detectaram substâncias químicas e cancerígenas em dez pijamas infantis com estampas coloridas, alguns de marcas comercializadas em Portugal e num dos casos o modelo está disponível para venda através da Internet.
"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores